Preço médio de locação em condomínios logísticos varia 25% entre SP e interior

  •  
Preço médio de locação em condomínios logísticos varia 25% entre SP e interior Foto: Divulgação

Um estudo realizado pela Colliers International Brasil sobre o mercado de condomínios logísticos no primeiro trimestre de 2019 revelou informações relevantes a respeito da taxa de vacância e do preço médio pedido para locações quando analisados em relação a distância da cidade de São Paulo.

 

O valor médio do preço pedido por metro quadrado na cidade de São Paulo é de R$ 18,5. Em condomínios logísticos localizados até 30 quilômetros da capital, o preço médio pedido é de R$21. Na faixa entre 30 e 60 quilômetros, o valor cai para R$ 19. De 60 a 90 quilômetros de distância, o preço encontrado é de R$ 18,5. Já em distâncias acima dos 90 quilômetros, o valor chega a R$ 15.

Em relação à taxa de vacância dos condomínios logísticos, o estudo aponta que quanto mais perto do centro de São Paulo, menor o índice. Em até 30 quilômetros, a taxa de vacância fica em 14%. Entre 30 e 60 quilômetros, sobe para 19%. Já entre 60 e 90 quilômetros da capital, o valor chega a 23%. Acima de 90 quilômetros, 32% de vacância, 18 pontos percentuais acima da região central da cidade. A vacância média no mercado de condomínios logísticos em São Paulo nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2019 ficou em 20%.

"Há uma clara correlação entre distância do centro consumidor, taxa de vacância e preço. Condomínios logísticos afastados de São Paulo apresentaram maior disponibilidade e menor preço. Já imóveis próximos a capital, observamos o sentido contrário, ou seja, menor disponibilidade e maior preço. As oportunidades de locação existentes no entorno da capital têm maior facilidade de locação, afinal, sua localização permite tanto a redução no tempo de entrega das mercadorias e quanto no custo com frete. Isso torna os condomínios logísticos ainda mais atrativos aos inquilinos e, assim, mais disputados.", explica Ricardo Betancourt, presidente da Colliers Brasil.

(Redação - Investimentos e Notícias)