São Paulo encerra 2018 com queda no número de ações de despejo

  •  
São Paulo encerra 2018 com queda no número de ações de despejo Foto: Divulgação São Paulo encerra 2018 com queda no número de ações de despejo

Em 2018, foram protocoladas na cidade de São Paulo 16.050 ações locatícias, o que representou uma redução de 10,1% frente às 17.863 ocorrências do ano anterior. Os dados estão no levantamento do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

“Desde 2008, trata-se do menor volume de ações acumulado em um ano”, diz Jaques Bushatsky, diretor de Legislação do Inquilinato do Secovi-SP.

Acumulado do ano das ações locatícias

O levantamento mostra ainda que, no mês de dezembro, foram registradas 1.101 ações, o que representa uma queda de 31,4% diante das 1.604 ações ajuizadas em novembro. Em comparação ao mesmo mês do ano anterior, a redução foi de 14,3% (1.285 ações).

Evolução mensal das ações locatícias

A falta de pagamento do aluguel representou a principal causa das ações em dezembro, com 950 processos (86,3%). As ações ordinárias ocuparam o segundo posto, com 53 ações e participação de 4,8% do total. As renovatórias e as consignatórias participaram, respectivamente, com 93 (8,4%) e 5 (0,5%) processos.

(Redação - Investimentos e Notícias)