Anatel promove digitalização da TV aberta no interior de São Paulo

  •  
Anatel promove digitalização da TV aberta no interior de São Paulo Foto: Divulgação Anatel promove digitalização da TV aberta no interior de São Paulo

O presidente do Gired (Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV) e também presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Juarez Quadros, participou, nesta segunda-feira (23.10), nas cidades de Jundiaí e de Campinas, do esforço de digitalização da TV aberta. Em Jundiaí, Quadros entregou o Kit Gratuito da TV Digital de nº 30 mil à confeiteira Ana de Fátima Albuquerque, de 41 anos, e, em Campinas, o kit de nº 50 mil à autônoma Bruna Soares Fernandes, de 28 anos. No dia 29 de novembro, as transmissões analógicas da TV aberta serão encerradas nos 85 municípios que compõem a região de Campinas e de Jundiaí.

Sobre o kit gratuito da TV Digital, o presidente da Anatel explicou que a retirada dos equipamentos deve ser agendada pelo número 147, telefone da Central de Atendimento da Seja Digital, ou pelo Portal www.sejadigital.com.br. No total, os 85 municípios da região contam com 91 pontos de distribuição, só na cidade de Campinas devem ser distribuídos 86 mil kits compostos por conversor, controle remoto e antena.

O presidente da Seja Digital, Antonio Martelleto, esclareceu que os interessados devem verificar se realmente têm direito ao kit gratuito da TV Digital. É necessário ser beneficiário de um programa social do governo, como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida ou Tarifa Social de Energia Elétrica, para poder agendar o dia e a hora para a retirada dos equipamentos. Além disso, a Seja Digital está insistindo para que as pessoas façam logo a instalação dos kits.

Durante a distribuição dos kits, o presidente da Anatel falou sobre as vantagens do término das transmissões analógicas. Com a liberação da faixa de 700 MHz, usada pelos canais analógicos, a faixa deve passar a transmitir internet 4G. A taxa de transmissão de dados no 4G triplica com o uso da faixa de 700 MHz, em média se transmite 15 megabits por segundo, em 700 MHz se chega a 45 megabits. "A Internet fica muito mais rápida", disse. Para o telespectador, a transmissão digital apresenta melhor qualidade de som e de imagem, e para o radiodifusor, há uma economia significativa de energia com o desligamento dos sistemas de transmissão analógicos.

Confira a lista dos municípios da Região de Campinas e de Jundiaí onde o sinal analógico da TV aberta será desligado no dia 29 de novembro de 2017: Aguaí, Águas da Prata, Águas de São Pedro, Alumínio, Americana, Amparo, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Araras, Artur Nogueira, Boituva, Cabreúva, Campinas, Campo Limpo Paulista, Capela do Alto, Capivari, Cerquilho, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Iperó, Ipeúna, Iracemápolis, Itapira, Itatiba, Itobi, Itu, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Jumirim, Jundiaí, Leme, Limeira, Louveira, Mairinque, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Mombuca, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Piedade, Piracicaba, Pirassununga, Porto Feliz, Porto Ferreira, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Salto, Salto de Pirapora, Santa Bárbara D'Oeste, Santa Cruz da Conceição, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra, Santa Rita do Passa Quatro, Santo Antônio de Posse, São João da Boa Vista, São Pedro, São Roque, Serra Negra, Socorro, Sorocaba, Sumaré, Tambaú, Tapiraí, Tatuí, Tietê, Torrinha, Valinhos, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista, Vinhedo e Votorantim.

(Redação - Agência IN)