Cemara irá plantar 10 mil árvores em Piracicaba

  •  
Cemara irá plantar 10 mil árvores em Piracicaba (Foto:Divulgação) Cemara irá plantar 10 mil árvores em Piracicaba

Com a proposta de incentivar as práticas sustentáveis nas regiões onde atua, a Cemara Loteamentos quer dar o exemplo. Somente no empreendimento Jardim Piazza Itália, localizado na cidade de Piracicaba, a empresa pretende plantar dez mil árvores até o fim das obras. Para Giuliane Strapasson Trevizam, gerente de marketing da Cemara, a ação mostra como a preocupação com o meio ambiente está no DNA da empresa.

Com projetos de recuperação ambiental, recomposição de vegetação desmatada nos loteamentos, uso de matéria-prima reciclada na construção civil, reaproveitamento de entulhos e manejo de áreas preservadas, a Cemara está cada vez mais engajada em adotar iniciativas que contribuam para o meio ambiente.

No Jardim Piazza Itália, por exemplo, já foram mais de 3.500 mudas plantadas. Estima-se que, até o final do projeto ambiental, o número chegue a 10 mil. “Quando o assunto é sustentabilidade, a empresa não pode ficar na teoria. Ela tem que colocar as ações em prática”, afirma a executiva.

Durante o evento, que aconteceu dia 1 de junho no Centro de Convivência Infantil Menino Jesus, no Bairro Novo Horizonte, jovens e funcionários se uniram para realizar o plantio de cinco mudas de árvores frutíferas ao lado do empreendimento Jardim Piazza Itália. 

Para reforçar a importância da questão, inclusive, a Cemara decidiu celebrar o início da Semana do Meio Ambiente realizando uma ação com 50 crianças carentes da cidade de Piracicaba. “Queremos incentivar a comunidade a plantar árvores e a se engajar em prol de causas que ajudem o meio ambiente”, diz a gerente da Cemara.

Não é a primeira vez que a Cemara comemora o início dessa data. Anualmente, a empresa realiza atividades que enaltecem a Semana do Meio Ambiente. No entanto, essa é a primeira edição organizada com diferentes setores da companhia, como Ambiental, Qualidade, Recursos Humanos e Marketing, que formaram o grupo “Voluntários do bem”.

Os profissionais trabalharam diretamente com as crianças, ajudando na criação de materiais lúdicos, como máscaras com desenhos de animais, para abordar de forma descontraída a importância do cuidado com o meio ambiente.
Eles também foram responsáveis por palestras interativas para explicar o conceito dos 3Rs (Reciclar, Reduzir e Reutilizar). Depois das apresentações, os pequenos ainda tiveram a chance de aprender na prática alguns dos conceitos explicados nas palestras. “Unimos as equipes para realizar um ato concreto para a conscientização ambiental das crianças”, comenta a gerente.

Além do ato simbólico, a ação também contou com outras atividades, como palestras interativas sobre a importância do meio ambiente e o conceito dos 3Rs (Reciclar, Reduzir e Reutilizar). Depois das apresentações, os participantes ainda tiveram a chance de aprender na prática alguns dos conceitos explicados nas palestras.

Ao longo do dia, as crianças participaram de duas dinâmicas e tiveram a oportunidade de realizar uma coleta seletiva e de entender como funciona a teia ambiental. “Sozinhos, eles concluíram a importância dos seres vivos para o meio ambiente e como o ecossistema depende da preservação dos recursos e das espécies”, conclui Bruna Vieira, engenheira ambiental da Cemara Loteamentos.

(Redação – Agência IN)