Cesta básica tem alta de 0,99% em São Paulo, segundo Procon-SP

  •  
Pesquisa Cesta básica Foto: Divulgação Pesquisa Cesta básica

De acordo com a Fundação Procon-SP, o valor da cesta no município de São Paulo apresentou alta de 0,99% no período de 4/7 a 10/7/14. Dos 31 produtos pesquisados, 18 apresentaram alta de preço de acordo com a pesquisa diária realizada pelo órgão em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O preço médio que no dia 3/7 era R$ 404,61 passou para R$ 408,60 em 10/7/14.

Por grupo, foram constatadas as seguintes variações: Alimentação: 0,99%; Limpeza: 0,65% e Higiene Pessoal: 1,31%.

A variação no mês de julho/14 ficou em 0,75% (base 30/6/14) e nos últimos 12 meses em 8,30% (base 10/7/13).

No período de 4/7 a 10/7/14, os produtos que mais subiram foram: carne de primeira (kg) 
5,75%; biscoito maisena (pacote 200g) 5,59%; creme dental (tubo 90g) 4,14%; ovos brancos (dz) 3,77% e cebola (kg) 2,88%.

As maiores quedas foram: salsicha avulsa (kg) -4,08%; feijão carioquinha (pacote 1kg) 
-3,07%; extrato de tomate (embalagem 340-350g) -1,70%; macarrão com ovos (pacote 500g) -1,60% e batata (kg) -1,54%.

Dos 31 produtos pesquisados, na variação semanal, 18 apresentaram alta, 12 diminuíram de preço e um permaneceu estável. Os produtos que mais pressionaram a alta no período, considerando os respectivos pesos na cesta, foram, nesta ordem: carne de primeira (kg) 
0,73%; ovos brancos (dz) 0,13%; biscoito maisena (pacote 200g) 0,09%; café em pó papel laminado (pacote 500g.) 0,07% e creme dental (tubo 90g) 0,06%.

(Redação - Agência IN)