Confiança do empresário recua em setembro, revela CNI

  •  
Confiança do empresário recua em setembro (Foto: Divulgação) Confiança do empresário recua em setembro

O índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) ficou em 46,5 pontos neste mês, no mesmo nível de agosto e 7,7 pontos abaixo do registrado em setembro do ano passado. "O índice manteve-se no menor patamar da série histórica, iniciada em 1999", informa a pesquisa divulgada nesta terça-feira (16), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Esse é o sexto mês consecutivo em que o indicador fica abaixo da linha divisória dos 50 pontos. Os indicadores da pesquisa variam de zero a cem pontos. Abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança.

O levantamento mostra que a falta confiança é generalizada em todos os portes de empresas. Nas pequenas, o ICEI foi de 46,7 pontos, nas médias ficou em 45,4 pontos e, nas grandes, em 47 pontos. Na avaliação por segmento industrial, o índice só ficou acima dos 50 pontos na indústria extrativa.

Conforme o economista da CNI, Marcelo Azevedo, a queda na confiança é resultado da percepção de piora nas condições da economia e das empresas. Ele explica que a falta de confiança compromete a atividade industrial e prejudica os investimentos. "Sem confiança não há investimentos e sem investimentos não há crescimento da economia", resume Azevedo.

A pesquisa foi feita entre 1º e 10 de setembro com 2.844 empresas de todo o país, das quais 1.059 são de pequeno porte, 1.074 são médias e 711 são de grande porte.

(Redação – Agência IN)