Cosan anuncia EBITDA ajustado proforma de R$ 518 milhões

  •  
Cosan anuncia EBITDA ajustado proforma de R$ 518 milhões (Foto: Divulgação) Cosan anuncia EBITDA ajustado proforma de R$ 518 milhões

A Cosan encerrou o segundo trimestre de 2020 (2T20) com EBITDA ajustado proforma de R$ 518 milhões (-57%). O prejuízo do período foi de R$ 174 milhões, afetado também pelo efeito da desvalorização do Real na parcela não protegida do bônus perpétuo. A geração de caixa proforma (FCFE) totalizou R$ 1,1 bilhão, devido à maior captação de recursos na Comgás e Raízen, parcialmente compensada pelo menor caixa gerado pelas operações. A alavancagem (dívida líquida/EBITDA proforma) subiu para 2,4x, em função de menor geração de caixa e contribuição dos resultados operacionais.

A Raízen Combustíveis foi fortemente afetada pela queda dos preços e menor demanda por combustíveis no período, principalmente na Argentina. O EBITDA ajustado consolidado foi negativo em R$ 213 milhões, representando as operações integradas de Brasil e Argentina.

Já a Raízen Energia apresentou moagem de 22 milhões de toneladas de cana (+5%) e EBITDA ajustado de R$ 329 milhões (-18%), em linha com a estratégia de comercialização para a safra 2020/21.

Compass Gás e Energia alcançou EBITDA ajustado de R$ 474milhões (-19%), impactado pela menor demanda por gás natural (-27%) no trimestre.

Por fim, a Moove atingiu EBITDA de R$ 44 milhões (-43%) em função do menor volume de vendas (-35%).

(Redação – Investimentos e Notícias)