CUB paulista tem alta de 0,13% em agosto

CUB paulista tem alta de 0,13% em agosto (Foto: Divulgação) CUB paulista tem alta de 0,13% em agosto

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil do estado de São Paulo registrou alta de 0,13% em agosto na comparação com o mês anterior. Esta é a quarta alta seguida no indicador. De acordo com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), o CUB representativo da construção paulista (R8-N) ficou em R$ 1.319,13 por metro quadrado no período. Em 12 meses a alta é de 1,84%.
Dentro da composição do indicador, os custos médios com mão de obra representaram 61,81%, materiais, 34,95% e despesas administrativas 3,24%.

De acordo com o vice-presidente de Economia do SindusCon-SP, Eduardo Zaidan, a ligeira oscilação positiva no CUB resultou de reajustes anuais remanescentes em salários de trabalhadores e de engenheiros, em alguns municípios. "A tendência daqui para diante é de estabilidade no indicador", afirmou.

Nas obras incluídas na desoneração da folha de pagamentos a alta foi de 0,12% no CUB na comparação com julho, totalizando R$ 1.221,48 por metro quadrado. Em 12 meses, o indicador registra alta de 1,74%.

Na mesma base de comparação, foi registrada participação de 58,76% nos custos de mão de obra, 37,74% de materiais e 3,50% em despesas administrativas.

Em julho, sete itens que compõem o CUB registraram variação positiva maior que o IGP-M (0,10%). As maiores elevações foram Telha ondulada fibrocimento 6 mm (2,25%), bacia sanitária branca com caixa acoplada 6 L (1,16%) e emulsão asfáltica com elastômero para impermeabilização (0,94%).

Entre os materiais de maior relevância para o cálculo do CUB, o concreto FCK=25 MPa teve alta de 0,15%, já o aço CA-50 Ø 10 mm se manteve estável (0,00%), enquanto o cimento CPE-32, saco de 50 kg teve baixa de 1,59%.

(Redação - Agência IN)