Logo
Imprimir esta página

Disponibilidade elevada deve favorecer comprador do trigo

Disponibilidade elevada deve favorecer comprador do trigo (Foto: Divulgação) Disponibilidade elevada deve favorecer comprador do trigo

As produções de grãos e cereais atingiram volumes recordes, pelo menos nos últimos dois anos, favorecidas pelo clima. Assim, os estoques de grãos seguem em volumes bem satisfatórios. No caso do trigo, a relação estoque/consumo está no maior nível desde a safra 1999/2000, segundo dados do USDA. 

Nesse ambiente, conforme pesquisadores do Cepea, os preços não devem subir em 2018. Compradores e consumidores são favorecidos por esse cenário, mas a rentabilidade de produtores segue sendo pressionada. Neste ano, a liquidez deve ser influenciada pelos amplos estoques de moinhos, pelas importações e pelo dólar. 

Quanto à área a ser plantada em 2018, a concorrência com o milho segunda safra continuará sendo fator de impacto, principalmente no Paraná, em Mato Grosso do Sul e no Sudeste. Nos estados Sul, especialmente no sul do Paraná, produtores buscam outras alternativas de culturas de inverno, em detrimento do trigo. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

(Redação – Investimentos e Notícias)

Copyright © 2014 - Digital Media Serviços de Informação Ltda. Todos os direitos reservados.