Engie lucra R$ 742,7 milhões no terceiro trimestre de 2019

  •  
Engie lucra R$ 742,7 milhões no terceiro trimestre de 2019 Foto: Divulgação Engie lucra R$ 742,7 milhões no terceiro trimestre de 2019

Bons indicadores marcaram os resultados da Engie Brasil Energia no terceiro trimestre de 2019. A companhia obteve um lucro líquido de R$ 742,7 milhões (R$ 0,9099/ação), valor 56,2% superior ao obtido no mesmo período do ano passado. O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) registrado no 3T19 foi de R$ 1,58 bilhão, um aumento de 55,1% na comparação com o 3T18. A receita operacional líquida de R$ 2,49 bilhões foi 0,2% superior à apurada no mesmo período do ano passado.

“Os resultados refletem a expansão recente de nossa capacidade instalada, o primeiro trimestre com contribuição positiva da TAG para o Ebitda, bem como a gestão eficiente do portfólio da companhia e bom controle de custos”, explica o diretor-presidente da Engie Brasil Energia, Eduardo Sattamini. “A entrada em operação comercial de três novas usinas – os Conjuntos Eólicos Campo Largo (Fase I) e Umburanas (Fase I) - e a Termelétrica Pampa Sul – representou uma contribuição de 10,5% do valor do Ebitda no terceiro trimestre. Já os custos, considerando os custos relativos as novas usinas, apresentaram redução de 10,2%, demonstrando o aumento de eficiência operacional”, acrescenta.

Outro impacto positivo registrado no período foi o recebimento do valor da garantia de performance, no valor de R$ 321 milhões, oriundos de indenização por atraso nas obras de Pampa Sul. “Mesmo se fosse excluído esse efeito, nosso Ebitda teria subido cerca de 25% na comparação anual”, assinala o executivo. “Esses resultados nos mantêm animados com as perspectivas futuras e seguimos avançando na nossa estratégia de buscar a liderança na transição energética”.

(Redação - Investimentos e Notícias)