Grupo SBF anuncia aquisição da NWB

  •  
Grupo SBF anuncia aquisição da NWB (Foto: Pexels) Grupo SBF anuncia aquisição da NWB

Após consolidar parceria estratégica com a Nike, nos últimos dias, o Grupo SBF dá mais um passo no objetivo de ser um ecossistema do esporte no Brasil. A holding anuncia a compra da rede NWB, detentora dos canais Desimpedidos, Acelerados, Fatality e Falcão 12, e de 80 afiliados que juntos somam mais de 81 milhões de seguidores no Instagram e 73 milhões de inscritos no Youtube. O negócio, em torno de R$60 milhões, marca a entrada do SBF no universo do conteúdo e do entretenimento, dando acesso a novas expertises que vão aprofundar a relação do grupo e suas empresas com toda a audiência do esporte.

Desde que iniciou sua operação, em 2013, a NWB acumula mais de 10 bilhões de visualizações em seus canais no Youtube. Com a maior base de audiência do mercado de entretenimento esportivo no Brasil, a rede também tem ativa uma máquina de produção que lança, em média, 150 vídeos inéditos por semana. Juntos, esses vídeos somam mais de 1,9 bilhão de visualizações por ano. Números como esses despertaram o interesse do Grupo SBF: “Uma plataforma de engajamento é mais um pilar relevante na construção de um ecossistema. Com esse movimento, passamos a contar com o alcance dos canais proprietários e afiliados da NWB, além da possibilidade de criarmos novos conteúdos para estreitarmos relacionamento com a nossa base de clientes”, afirma o CEO do Grupo SBF, Pedro Zemel. “Trata-se de mais um passo importante dentro da nossa estratégia de ser o principal e maior destino do esporte”, completa.

Na prática, com essa nova unidade de negócio, o Grupo SBF passa a ter contato e coletar dados dos diversos tipos de audiência esportiva, antes mesmo da fase de compra: “Uma etapa da jornada do consumidor que ainda não estávamos presente”, destaca Zemel. Assim, o Grupo SBF espera conhecer melhor as necessidades e preferências desses potenciais consumidores e pensar soluções direcionadas. A NWB será uma potente ferramenta de captura e engajamento de clientes, enquanto outras verticais do ecossistema vão impulsionar a esses públicos produtos, serviços e experiências diversas ofertadas por meio de, por exemplo, Centauro e Nike.

O negócio tem potencial para gerar valor a SBF através da ampliação do tráfego orgânico, promovendo as marcas do grupo nos canais NWB; do crescimento da audiência nos canais da companhia; e do aumento da conversão, por meio de engajamento e recorrência.

Após a aprovação da transação pelo CADE e a realização do fechamento da operação, Rafael Grostein, até então CEO da NWB, permanecerá na liderança da operação, junto com todos os talentos da rede de canais digitais. “Desde o início das conversas, ficou claro que o Grupo SBF e a NWB possuem a mesma proposta de valor: fazer parte, de forma relevante, da jornada do fã de esporte. A chegada ao grupo, além de acelerar o plano de crescimento de audiência e expansão do negócio dentro do ecossistema, permite à NWB a construção de um pilar de tecnologia orientado para captura de dados e monetização direta dos milhões de views mensais da rede. Tenho confiança que a marca dessa nova fase é a consolidação da NWB como player de destaque na indústria de entretenimento e mídia esportiva do país”, ressalta Grostein.

Com a entrada da NWB nesse ecossistema, o Grupo SBF passa a contar uma network de canais digitais, especialista em conteúdo e narrativas de esporte para mídias sociais e plataformas; ter mais proximidade com influenciadores e criadores de conteúdo de esporte; criar e produzir conteúdo exclusivo direcionado; capturar dados comportamentais e leads de fãs do esporte, sem intermediação; e promover eventos, experiências e social marketing, orientados para fãs de esportes. Isso também significa que essa nova vertical poderá atender diferentes clientes desse universo, como grupos de mídia e veículos, marcas e anunciantes, agências e influenciadores, entregando projetos de branded content, soluções de gestão de mídias digitais, agenciamento de influenciadores e organização de eventos e experiências com foco em esporte para esses players também.

A NWB passará a fazer parte do portfólio do Grupo SBF, que conta também com a operação de varejo da Centauro (mais de 200 lojas físicas espalhadas pelo Brasil e o e-commerce (www.centauro.com.br) e com a distribuição da marca da Nike e operação de nike.com no país, por meio da empresa Fisia.

(Redação - Investimentos e Notícias)