IPC-S de 30 de novembro avança, mostra FGV

Destaque IPC-S avança na última semana de novembro (Foto: Divulgação) IPC-S avança na última semana de novembro

O IPC-S de 30 de novembro de 2017 apresentou variação de 0,36%, 0,04 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada na última divulgação, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Com este resultado, o indicador acumula alta de 3,01%, no ano e, 3,35%, nos últimos 12 meses. 

Nesta apuração, seis das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação (0,01% para 0,33%). Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item passagem aérea, cuja taxa passou de -4,93% para 3,88%.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Saúde e Cuidados Pessoais (0,31% para 0,39%), Vestuário (-0,27% para 0,01%), Comunicação (0,23% para 0,40%), Despesas Diversas (0,01% para 0,08%) e Transportes (0,79% para 0,80%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: artigos de higiene e cuidado pessoal (-0,60% para -0,31%), roupas (-0,40% para -0,01%), pacotes de telefonia fixa e internet (1,09% para 1,80%), alimentos para animais domésticos (-1,20% para -0,61%) e gasolina (2,51% para 3,17%), respectivamente. 

Em contrapartida, os grupos: Habitação (0,80% para 0,77%) e Alimentação (-0,19% para -0,26%) apresentaram decréscimo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, as maiores contribuições partiram dos itens: móveis para a residência (0,36% para -0,60%) e hortaliças e legumes (-0,99% para -3,91%), respectivamente.

(Redação – Investimentos e Notícias)