Janeiro registra mais de 300 mil novas empresas

  •  
Janeiro registra mais de 300 mil novas empresas (Foto: Pexels) Janeiro registra mais de 300 mil novas empresas

O Brasil tem um novo recorde histórico de abertura de empresas em um único mês: janeiro de 2020 teve 320.512 empreendimentos. A alta foi de 21,7% com relação a janeiro/19, quando os maiores números haviam sido registrados até então – confira todos os dados aqui. Segundo o Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian, as Sociedades Limitadas puxaram a variação, uma vez que tiveram aumento de 78,8% no período. Ainda assim, os Microempreendedores Individuais são maioria, com representando 80,6% do total de novos negócios. Na análise com dezembro/19, o crescimento foi de 73,6%.

Segundo o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, o mês registrou crescimento recorde por conta da necessidade dos brasileiros de gerar renda em um período econômico de crescimento abaixo do esperado. “Há uma demanda maior de novos negócios no início do ano, uma tendência natural pela queda da atividade durante as festas de fim de ano. Mas este ano ainda temos um alto nível de desemprego, o que faz com que as pessoas abram negócios e se formalizem para terem recursos financeiros e mais segurança no caso de imprevistos”, comenta.

Rabi pondera, contudo, que a recente paralisação de alguns setores em virtude do distanciamento social deve trazer desafios aos novos empreendimentos. “Empresas recém criadas, principalmente os pequenos negócios que contam com pouco capital de giro, são mais sensíveis a queda do faturamento e devem enfrentar dificuldades para manter o equilíbrio financeiro. O momento atual vai exigir desses novos empresários um replanejamento de metas, capacidade para otimizar recursos e habilidade para negociar prazos e condições com seus fornecedores e instituições de crédito”, afirma o economista.

Região Norte cresce 33,0% em janeiro; Amazonas se destaca entre os Estados

A região Norte se destaca entre as demais, com o maior crescimento no número de novas empresas desde março de 2019. No primeiro mês deste ano, a variação foi de 33,0% na relação com janeiro/19, com mais de 15 mil negócios abertos. O Centro-Oeste aparece na sequência, com 25,6% de crescimento. Entre os Estados, é o Amazonas que lidera o indicador, com alta de 56,4% no comparativo entre janeiro 2020 e 2019. 

Todos os segmentos apresentam aumento de mais de 10% em janeiro

Janeiro/20 registrou crescimento de novas empresas em todos os segmentos, com destaque para Serviços (24,7%). A área representa 69,3% do total de negócios abertos no mês, bem acima do Comércio (22,1%) e Indústria (7,3%). 

(Redação – Investimentos e Notícias)