Lucro da Guararapes cresce 32,4% no 4T19

  •  
Lucro da Guararapes cresce 32,4% no 4T19 (Foto: Divulgação) Lucro da Guararapes cresce 32,4% no 4T19

A Guararapes Confecções apresentou bons resultados operacionais no quarto trimestre de 2019. A curva ascendente na performance da companhia, mesmo diante de um ambiente econômico desafiador, reflete a assertividade da estrutura das coleções aliada a distribuição de produtos focada no perfil de consumo e características de cada região.

No trimestre que se encerrou em 31 de dezembro, a Guararapes registrou R$ 363,3 milhões de lucro líquido, um avanço de 32,4%, além de um crescimento de 11,5% na receita liquida em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo R$ 2.439,3 milhões. As vendas em mesmas em mesmas lojas (SSS) apresentaram alta de 9,8% e o EBTIDA cresceu 5,3%, em relação ao trimestre de 2018.

Do lado da operação financeira (Midway), a receita totalizou R$ 644,5 milhões no quarto trimestre, 12,9% maior que no mesmo período do ano anterior. O destaque ficou para as Receitas de Comissões sobre Cartão Bandeira com aumento de 26,7%, passando para R$ 64,2 milhões no último trimestre de 2019.

O resultado é reflexo do foco da companhia no conceito “Cliente no Centro” e com a agenda de omnicanalidade da companhia. Em novembro, a Riachuelo lançou seu novo aplicativo que passa agora a ganhar upgrades de navegabilidade e agilidade, melhorando a experiência de compra no e-commerce via mobile.

Balanço 2019
No período de janeiro a dezembro de 2019, o lucro líquido do Grupo Guararapes avançou 5,7%, totalizando R$ 526,5 milhões. A receita líquida atingiu R$ 7.808 milhões o que corresponde a um crescimento de 8,6%, em relação ao ano anterior.

A operação financeira atingiu receita de R$ 2.492,3 milhões, 16,1% maior que o apurado nos doze meses de 2018. Atualmente, a Midway conta com 9,5 milhões de clientes ativos e mais de 5 milhões de downloads de seu aplicativo. O futuro Banco Midway ancorará o relacionamento com seus clientes, que hoje ocorre através de um cartão de crédito, em uma conta digital seja ela de pagamentos ou corrente

No ano, a companhia inaugurou nove lojas, totalizando ao final do período 321 unidades de norte a sul do país. O processo de expansão reflete o objetivo da Riachuelo em conquistar novos mercados e consolidar suas posições regionais por meio da inauguração e remodelação de unidades.

Os investimentos do grupo em ativos fixos (CAPEX) totalizaram R$ 379,4 milhões ante R$ 385,7 milhões relativos ao mesmo período de 2018. Do montante investido, R$ 351,1 milhões (93%) foram destinados à Riachuelo, sendo R$ 168,9 milhões para infraestrutura de TI, R$ 68,6 milhões alocados em lojas novas e R$ 29,3 milhões em remodelações.

Parte dos investimentos reflete a melhora da experiência nas lojas físicas e nos canais digitais de forma integrada, como a implementação do PDV mobile que está presente em 37 unidades e estará disponível em 100% das lojas até junho de 2020. O teste piloto do “Self Check Out” e a instalação de etiquetas RFID também estão previstos para ter início este ano.

(Redação – Investimentos e Notícias)