Lucro líquido da BB Seguridade alcança R$1,2 bi no 3T17

  •  
Lucro líquido da BB Seguridade alcança R$1,2 bi no 3T17 (Foto: Divulgação) Lucro líquido da BB Seguridade alcança R$1,2 bi no 3T17

A BB Seguridade registrou lucro líquido de R$1,2 bilhão no 3T17, com crescimento de 20,7% em relação ao mesmo período de 2016. Excluídos os efeitos do IPO do IRB BrasilRE, o lucro líquido ajustado foi de R$1,0 bilhão, incremento de 3,4% sobre o reportado no 3T16. No acumulado até setembro, o lucro líquido ajustado, que segrega o efeito dos eventos extraordinários, alcançou R$3,0 bilhões, apresentando retração de 2,1% sobre igual período do ano passado, dentro das expectativas divulgadas no guidance revisado em agosto.

No trimestre, o lucro líquido foi impactado pela queda da taxa Selic e dos índices de inflação, o que levou o resultado financeiro combinado das empresas do grupo a uma queda de 6,3% comparado ao mesmo período de 2016.

Por outro lado, o resultado operacional, considerando o combinado de todas as empresas do conglomerado, apresentou crescimento de 7,3%, impulsionado pelos segmentos de Previdência e Resseguros, e pelo aumento do resultado operacional consolidado da holding BB Seguridade e suas subsidiárias integrais BB Seguros e BB Corretora.

No trimestre, o volume total de prêmios emitidos de seguros, contribuições de previdência e arrecadação com títulos de capitalização alcançou R$15,8 bilhões, evolução de 2,9% sobre igual período do ano passado.

O desempenho no seguro prestamista foi o principal destaque do segmento no trimestre, com crescimento de 79,6% em relação ao 3T16. O seguro rural continua mantendo uma boa performance, com evolução de 5,9% em relação ao 3T16, acumulando alta de 13,3% no ano.

No segmento de seguros de Patrimônio e Automóvel, o destaque foi para a melhora contínua da sinistralidade, atingindo 57,0% no 3T17, queda de 2,7 p.p. no comparativo com o mesmo período do ano passado. Vale destacar a recuperação do segmento de automóveis, que registrou crescimento de 6,3% no volume de emissão de prêmios em relação ao 3T16.

No 3T17, o lucro líquido da operação de Previdência apresentou crescimento de 9,4% em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando R$303,8 milhões.

As contribuições de previdência voltaram a crescer, com alta de 4,0% em relação ao 3T16. O aumento no volume de contribuições associado à queda no índice de resgates, reforçou a liderança da Brasilprev em captação líquida, com 34,6% de participação de mercado neste trimestre.

As reservas de previdência cresceram 23,7% nos últimos 12 meses, totalizando R$225,9 bilhões ao final de setembro de 2017.

(Redação - Agência IN)