Lucro líquido da Locamerica cresce 28,6% no 1T15

  •  
Lucro líquido da Locamerica cresce 28,6% no 1T15 (Foto: Divulgação) Lucro líquido da Locamerica cresce 28,6% no 1T15

A Locamerica registrou um lucro de R$6,4 milhões no 1º trimestre de 2015, representando um aumento de 28,6% ante o mesmo período do ano anterior. O balanço da companhia informa que a frota total atingiu 30.248 carros, um crescimento de 6,5% em relação ao primeiro trimestre de 2014, enquanto o número de carros em implantação mais que dobrou, chegando a 3.694 carros.

                     

O número de veículos vendidos no trimestre totalizou 3.281 unidades, o que marca um novo recorde de vendas e demonstra a resiliência da Companhia e do segmento frente ao cenário macroeconômico desafiador.  Destaca-se ainda os ganhos de eficiência -  que já eram observados em 2014 e que foram confirmados neste trimestre: a idade média da frota operacional ficou em 15,7 meses -  o menor nível dos últimos dois anos - e  o percentual de utilização da frota atingiu 95,7% no período, versus 93,7% no 1º trimestre de 2014.

Neste contexto, a receita líquida de locação acelerou 14,5% no período, impulsionada pelo importante aumento de 12,9% na tarifa média e de 1,4% nos volumes. O valor global dos novos contratos de locação assinados alcançou R$60 milhões de novas contratações, totalizando 1.479 novos carros.

A receita líquida dos veículos seminovos cresceu 37,4%, resultado do crescimento de 19,7% no número de automóveis vendidos e do aumento de 14,9% no preço médio de vendas. Destaca-se ainda outro fator - pelo quarto trimestre consecutivo o segmento ficou muito próximo do ponto de equilíbrio em seu resultado bruto, em linha com os objetivos da Administração.

Já o EBITDA da Companhia alcançou R$53,8 milhões neste trimestre, um crescimento de 30,2% sobre o mesmo período de 2014, representando uma expansão de margem de 6,7 p.p. para 55,7%, ante 49,0%, se comparado ao período no ano passado. Esta ampliação pode ser explicada principalmente pela redução das despesas com manutenção e despesas gerais e administrativas em relação à receita de locação no período, e pelo melhor resultado da divisão de Seminovos.

De acordo com Luis Fernando Porto, presidente da Locamerica, o cenário é exigente, mas altamente promissor para o setor de gestão de frotas. Segundo o executivo, a despeito do ambiente econômico adverso, a companhia segue 2015 com boas perspectivas.  "Este ritmo de vendas deve permanecer forte em 2015, com a abertura de duas novas lojas de varejo, sendo que a primeira delas, em São Bernardo do Campo, será inaugurada ainda este mês", finaliza.

Ao final do primeiro trimestre, a Companhia possuía R$ 230 milhões de caixa e equivalentes de caixa, valor suficiente para o saldo de dívida a vencer em 2015 e 2016, sendo que do total da dívida, apenas 4% tem vencimento no curto prazo. O duration da dívida ficou em 4,0 anos, já o spread da dívida sobre o CDI ficou em 1,5% neste trimestre, ante 2,2% vistos no 1T14.

(Redação –Agência IN)