NotreDame Intermédica tem lucro de R$ 423,6 milhões em 2019

  •  
NotreDame Intermédica tem lucro de R$ 423,6 milhões em 2019 Foto: Divulgação NotreDame Intermédica tem lucro de R$ 423,6 milhões em 2019

O Grupo NotreDame Intermédica (GNDI) divulgou na quinta-feira (20) que fechou 2019 com crescimento de 26,8% no lucro líquido em relação ao ano anterior, atingindo R$ 423,6 milhões. No acumulado de 2019, o Grupo obteve crescimento da receita líquida de 37,1%, totalizando R$ 8.412,4 bilhões.

Ao longo do ano, o investimento total foi de R$2,2 bilhões, sendo R$347 milhões destinados à expansão, reforma e melhorias da Rede Própria assistencial e R$1,9 bilhão para as 6 aquisições concluídas no ano - GreenLine, Mediplan, Belo Dente, SMEDSJ (Hospital São José dos Lírios), Ghelfond e Hospital AMIU.

Além das aquisições já concluídas, ainda em 2019, o Grupo efetuou a assinatura de mais três transações: Grupo São Lucas, Clinipam e Ecole. O Grupo Clinipam já teve sua conclusão efetivada em fevereiro de 2020 e trouxe ao GNDI uma carteira de mais de 330 mil beneficiários de planos de saúde (52% da categoria corporativa), além de marcar a entrada do Grupo na região metropolitana de Curitiba e Vale do Itajaí em Santa Catarina.

A Rede Própria de GNDI fechou 2019 com 20 hospitais, 20 prontos-socorros autônomos, 73 Centros Clínicos, 11 unidades de Medicina Preventiva, 63 pontos de coleta de análises clínicas e 11 unidades de exames de imagem. Destaca-se, ainda, em 2019 a inauguração do Laboratório Central (NotreLabs) localizado na cidade de São Paulo, com capacidade de processamento de 3 milhões de exames de análises clínicas, podendo chegar até 5 milhões de exames com futuras ampliações.

"Em 2019, fortalecemos nossa estratégia vencedora de controle dos custos médicos por meio da contínua expansão da Rede Própria e simplificação do nosso portifólio, com oferta de produtos microrregionais, que tendem a ser mais verticalizados devido ao atendimento direcionado à Rede Própria local", explica Irlau Machado Filho, presidente do GNDI.

O crescimento do Grupo se refletiu, também, no número de colaboradores que passou de 12.462 em dezembro de 2018 para 18.738 no fechamento de 2019. Ao longo do ano, o GNDI manteve a busca pela qualidade e excelência na prestação de serviços garantindo a acreditação ONA 1 nos hospitais Cruzeiro do Sul e Nova Vida; ONA 2 nos hospitais Guarulhos, Frei Galvão e Family; e acreditação ONA 3 nos hospitais Nossa Senhora do Rosário, Modelo e Renascenças Campinas. A Companhia conta, atualmente, com 12 hospitais certificados pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e um hospital com certificação de qualidade Qmentum pela Accreditation Canada International.

Com tantas conquistas e iniciativas, o GNDI encerrou o ano na 4ª posição em número de beneficiários de Saúde, com 3 milhões de vidas. No estado de São Paulo, o Grupo ficou na 1ª posição em número de beneficiários. Já no segmento de planos odontológicos, manteve a 2ª posição no ranking da ANS em número de beneficiários, com 2,6 milhões de vidas, que são atendidos por meio de uma rede de mais de 15 mil dentistas presentes em mais de 1.000 municípios.

Outro destaque do ano que tem contribuído para a melhoria da experiência dos beneficiários e controle dos custos é o aplicativo GNDI Easy, que já soma mais de 1,1 milhão de downloads e concentra 35% dos agendamentos de consultas na Rede Própria.

(Redação - Investimentos e Notícias)