Pesquisa revela perfil da mulher empreendedora

Pesquisa revela perfil da mulher empreendedora  Foto: Divulgação Pesquisa revela perfil da mulher empreendedora

Foi apresentado hoje no 3º Fórum Empreendedoras 2014 organizado pela Rede Mulher Empreendedora, uma pesquisa nunca realizada em território Nacional sobre o perfil das mulheres empreendedoras brasileiras.

Perfil da Empreendedora:

Sexo/cor: A predominância feminina ainda é absoluta no universo da RME. 73% são brancas.
Idade: 73% das mulheres que responderam a pesquisa tem de 31 e 50 anos. A média é de 40 anos, com mínima de 18 anos e máxima acima de 60 anos, segundo apurada na pesquisa.
Filhos: 60% das empreendedoras tem filhos.
Estado civil: 58% casadas, 27 % solteiras, 10% divorciadas e as outras 5 % se dividem entre viúvas e outras.
Formação Acadêmica: 58% no máximo tem até graduação completa, sendo que 7% possuem mestrado e doutorado.
Atitude empreendedora: 51% das mulheres não estudaram para empreender.
Àrea que mais atuam: Ficou comprovada que a atividade principal das empreendedoras é na área de serviços, com 62,7% do total; 26,9% está no Comércio, Indústria 4,9% e negócios sociais 3,2% e terceiro setor ficaram com 1,2%.

PERFIL DO NEGÓCIO

Nessa pesquisa ficou comprovado que 82,5 % das mulheres empreendedoras tem negócio próprio e que a sua motivação está ligada ao conhecimento próprio do segmento.
Motivação para o Negócio: 28% decidiram entrar nesse negócio porque já trabalhavam nele em uma empresa como funcionária, gostava e resolveu abrir seu próprio negócio, enquanto 20% estudaram o negócio observaram oportunidade de mercado.
Lugar que preferem trabalhar: E 46% afirma trabalhar em estilo "home office", 32% tem escritório próprio.
Dificuldades: Quando perguntada sobre as principais dificuldades, o quadro se divide em múltiplas respostas:

• A maioria, 48,3% tem dificuldade na divulgação e marketing;

• 36,7% no planejamento financeiro;
• 26,6% diz que sabe produzir mas não consegue vender;
• 24,6% tem dificuldade de encontrar mão de obra;
• 21,1% tem dificuldade de acesso a crédito;
• 15,3% não tenho local para vender meus produtos.


ESTÁGIO DO NEGÓCIO

Perguntadas sobre que fase elas consideravam estar o seu negócio, elas são otimistas e estão focadas em crescer:
• 31% minha empresa vai bem e estou focada em crescer
• 28% minha empresa está começando
• 16% minha empresa está com problemas e precisa de solução
• 13% estou buscando ideias de negócio

O perfil dessas mulheres mostra que elas estão numa constante busca por melhorias no negócio e perguntadas como pretendiam melhorar SUA EMPRESA, foram obtidas diferentes respostas:
• 57% através de eventos para empreendedores
• 53% realizando cursos nas áreas de melhorias
• 37% realizando cursos de empreendedorismo
• 14% contratando especialistas para o quadro da empresa
• 11% contratando uma consultoria

Apesar desse número ter aumentado significativamente do ano passado para 2014, "A mulher empreendedora brasileira ainda é a que menos se utiliza do Networking no mundo para fazer negócios," segundo disse Ana Lucia Fontes, diretora da RME, durante a apresentação da pesquisa no Fórum Empreendedoras e que acaba de voltar do Marrocos representando as mulheres empreendedoras do Brasil num Fórum sobre Direitos Humanos, "Mas esse comportamento está mudando, e essa pesquisa pôde comprovar isso" afirma Ana.
A Rede Mulher Empreendedora realizou essa pesquisa pelo segundo ano consecutivo com o único objetivo de conhecer melhor seu público e buscar nela informações que possam ajudar a melhorar o relacionamento crescente e produtivo que tem com as empreendedoras do Brasil inteiro.

(Redação- Agência IN)