Ricardo Sayeg lança candidatura à OAB-SP amanhã

  •  
Ricardo Sayeg lança candidatura à OAB-SP amanhã Foto: Divulgação

Na próxima terça-feira (20/10), às 20h, na Casa de Portugal (Av. Liberdade, 602), o advogado e professor Livre-Docente da PUC-SP, Ricardo Sayeg, faz o lançamento oficial de sua campanha à Presidência da OAB-SP.

A Chapa 13 -'Sayeg, Arruda Alvim, Dóro - OAB pra valer', encabeçada por Ricardo Sayeg, tem como vice-presidente, pela primeira vez na história, uma advogada do Interior, Tereza Dóro; na Secretaria Geral, advogado Rafael Durand , CEO do maior escritório do País; na Secretaria-geral adjunta, José Almir, presidente da OAB-Barueri por três mandatos e como Diretor-Tesoureiro, Haley Henares, presidente da Associação Brasileira dos Advocacia Tributária (ABAT). O candidato a presidente da Caasp (Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo) é o advogado e prof. Eduardo Arruda Alvim.

'Meu nome emergiu de grupo formado por milhares de colegas, que está interessado em materializar um projeto coletivo para valorizar e resgatar a dignidade dos advogados e das advogadas, como nunca antes', afirma Sayeg, que teve no pleito de 2012, o total de 31.864 votos (20,46%), quinta maior votação de toda a história das OABs.

Entre as propostas do Plano de Gestão da Chapa 13, se destacam ações para ampliar as prerrogativas dos advogados, como a defesa das Prerrogativas profissionais por ofício, sendo que a denúncia encaminhada para a Ordem será formalizada por disque-denúncia, tipo 0800. 'Em comarcas com um só juiz, um só promotor e um só delegado, o advogado sofre grande pressão. A denúncia anônima equaciona essa questão', diz Sayeg, que explica que, deferido o Desagravo, será instaurada ação civil pública por dano moral coletivo contra a autoridade violadora. Também prevê o combate intransigente ao dano temporal sofrido pelo advogado, acabando com audiências de 5 em 5 minutos; honorários passam a ser questões de prerrogativas e haverá uma Comissão Especial para defesa das prerrogativas da mulher advogada, que enfrentam questões específicas.

(Redação - Agência IN)