Setor de alimentação saudável deve crescer 50% até 2019

  •  
Setor de alimentação saudável deve crescer 50% até 2019 Foto: Divulgação Setor de alimentação saudável deve crescer 50% até 2019

Colecionando bons números e apontada como tendência, a alimentação saudável deve crescer ainda mais segundo levantamento da consultoria internacional Euromonitor. A previsão é que, até 2019, esse segmento movimente R$ 110 milhões, crescendo mais de 50%. Tal cenário fomenta o investimento de grandes empresas no setor, como é o caso da paranaense Nutrimental, conhecida pela família de produtos Nutry. A companhia apoia o “Startup Foods & Drinks”, maratona de negócios e interação que funciona também como uma vitrine para outras indústrias que queiram investir em boas ideias do segmento. O evento também tem o apoio da OrganicsBrasil, Anjos do Brasil, Googles Business Group São Paulo e IBQP - Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade.

“Esse evento nasceu da vontade de contribuir para impulsionar cada vez mais a alimentação saudável. Na Nutrimental, por exemplo, trabalhamos sempre para desenvolver novos produtos que possam colaborar para uma vida mais equilibrada. Por isso, achamos importante investir em um encontro no qual podemos apoiar novas ideias e abrir portas para o crescimento desse mercado”, afirma Rodrigo da Rocha Loures, sócio-fundador da empresa e um dos palestrantes da maratona de negócios.

O “Startup Foods & Drinks”, já se tornou o maior evento de empreendedorismo em alimentação saudável da América Latina. Em sua segunda edição, vai possibilitar investimentos de até R$ 1 milhão em novos projetos. A iniciativa consiste em uma maratona colaborativa de negócios e de troca de experiências.

O encontro acontece em 29 e 30 de julho, na Escola de Negócios do SEBRAE, em São Paulo, com apoio do SEBRAE SP. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site www.startupfoods.com.br.

A metodologia do evento é simples. Dentre as iniciativas apresentadas, as melhores são levadas, ao fim do encontro, para uma banca de jurados e de investidores-anjos, dispostos a aportar recursos para alavancar os empreendimentos. “Os projetos são discutidos levando em consideração o potencial de crescimento e aplicabilidade. Após uma análise dos profissionais do júri anunciamos as startups que vão receber a ajuda financeira para desenvolver suas ideias”, explica Maurílio Santos Jr., Co-Organizador do evento.

O consumo de alimentos saudáveis no mundo cresce três vezes mais do que o de alimentos convencionais. No Brasil, esse mercado teve um aumento de 95% nos últimos cinco anos, segundo dados do Euromonitor. É o triplo do que o setor representava no país há uma década.

“Essa é uma tendência mundial, relacionada ao aumento da expectativa de vida, mas não basta apenas viver mais, é preciso que a existência seja saudável e prazerosa”, diz Maurílio.

Muitos dos principais problemas de saúde estão associados hoje à pressão da vida moderna e a alimentação de baixa qualidade. De acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem cerca de 17 milhões de obesos no Brasil. E o problema não é restrito aos adultos. Uma em cada três crianças sofre com a obesidade infantil, segundo o Ministério da Saúde. A Universidade de Washington, em estudo mundial, confirma o cenário crítico: o país está em quinto lugar no ranking da obesidade.

(Redação - Agência IN)