Eduardo Cunha já está na Câmara para se defender no Conselho de Ética

O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), chegou há pouco para prestar depoimento no Conselho de Ética da Casa que o investiga. O depoimento dele hoje (19) é o último das oitivas e, a partir daí, começa o prazo de dez dias para que o relatório do processo, a ser preparado pelo deputado Marcos Rogério (DEM-RO), seja apresentado.

Conselho de Ética da Câmara ouve advogado suíço que defende Cunha

Apenas o presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PR-BA), o relator do processo contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Marcos Rogério (DEM-RO), e o deputado, Júlio Delgado (PSB-MG) estavam presentes na sala do Conselho de Ética quando foi aberta a sessão marcada para ouvir o advogado suíço Didier de Montmollin. O advogado é a segunda testemunha de defesa no processo contra Cunha, que está afastado do mandato por decisão do Supremo Tribunal Federal.

Conselho de Ética tentará ouvir Delcídio pela terceira vez

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado remarcou para o dia 19 de abril, às 10h, mais uma reunião para ouvir o senador Delcídio do Amaral (sem-partido) sobre a acusação de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato, ao oferecer um plano de fuga e dinheiro ao ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, para que ele não fizesse acordo de delação premiada.

Cunha quer impugnação de testemunhas indicadas por relator no Conselho de Ética

O advogado de defesa do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que responde a processo de cassação de mandato no Conselho de Ética, Marcelo Nobre pediu, na noite de ontem (5), ao conselho a impugnação de todas as testemunhas indicadas pelo relator do caso, deputado Marcos Rogério (DEM-RO). Na lista de Nobre, estão os nomes do doleiro Alberto Youssef; do empresário Júlio Camargo; de Fernando Baiano, apontado como operador de recursos para o PMDB; além de Eduardo Musa, João Henriques, Ricardo Pernambuco e Ricardo Pernambuco Júnior, investigados pela Operação Lava Jato.

Conselho de Ética vai ouvir investigados da Lava Jato em caso de Cunha

Seis investigados na Operação Lava Jato serão ouvidos, em Curitiba, pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados que investiga representação contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A autorização para os depoimentos foi confirmada hoje (5) pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato.

Conselho de Ética da Câmara indica lista de testemunhas contra Cunha

O relator do processo de investigação sobre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no Conselho de Ética, deputado Marcos Rogério (DEM-RO) deu início hoje (30) a uma nova fase da representação contra o peemedebista. Ao anunciar o plano de trabalho que será conduzido nos próximos 40 dias úteis, Rogério indicou a lista de testemunhas e documentos solicitados.

 

Senado desiste de ouvir testemunhas sobre Delcídio

O Conselho de Ética do Senado desistiu hoje (29) de ouvir como testemunhas do caso do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) o ex-chefe de gabinete do senador, Diogo Ferreira, o advogado Edson Ribeiro e Bernardo Cerveró. O depoimento dos três estava marcada para esta terça-feira, mas Bernardo está em viagem ao exterior e Edson e Diogo em prisão domiciliar.

Assinar este feed RSS