FecomercioSP propõe soluções para contribuir com a Reforma da Previdência

Em seu primeiro pronunciamento oficial o presidente Michel Temer ressaltou que o Governo não poderá garantir a aposentadoria dos brasileiros sem uma reforma na Previdência Social, a qual deve encerrar este ano com um déficit em torno de R$ 146 bilhões. Com isso, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), que defende a modernização do sistema previdenciário, propõe soluções para garantir sua sustentabilidade no longo prazo.

Faturamento do varejo no Dia dos Pais tem queda de 10,6%, estima FecomercioSP

A expectativa de recuperação das vendas do comércio varejista no país não se confirmou no Dia dos Pais e mostrou mais uma queda em 2016. A estimativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) aponta que o comércio faturou R$ 36,5 bilhões na semana que antecede a data, R$ 4,3 bilhões a menos do que no ano passado e que representa um recuo de 10,6%.

Desempenho positivo do comércio eletrônico no Dia dos Pais mostra sinais de recuperação do setor, aponta FecomercioSP

Após os bons resultados de vendas online com o Dia das Mães e dos Namorados, o desempenho positivo do comércio eletrônico no Dia dos Pais mostra sinais de recuperação do setor. É o que prevê a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio de seu Conselho de Comércio Eletrônico.

Maio registra menor faturamento da década no varejo, aponta Fecomercio-SP

Em maio, o faturamento real do comércio varejista paulista atingiu R$ 46,1 bilhões - menor resultado para o mês nesta década. A retração foi de 4,5% em relação ao mesmo período de 2015, quando a receita foi de R$ 48,2 bilhões. No acumulado de 12 meses, a queda foi de 5,9%. Os dados são da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP).

FecomercioSP apoia veto à distribuição gratuita de sacolas plásticas na capital

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) apoia o veto ao Projeto de Lei (PL) nº 238/2012, que obrigava supermercados, hipermercados, atacadistas e estabelecimentos varejistas paulistanos a fornecer sacolas plásticas gratuitamente aos consumidores. A Entidade reforça que a decisão sobre a distribuição desses itens nos comércios da cidade de São Paulo deve ser exclusivamente tomada pelos empresários.

Déficit de R$ 140 bi é realista, porém necessita de ajustes estruturais, diz FecomercioSP

Diante do anúncio do déficit fiscal de R$ 140 bilhões para o próximo ano, divulgado ontem pelo Governo Federal, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) ressalta que apesar de representar mais um rombo nas contas públicas o dado permite que o mercado trabalhe com informações realistas, reduzindo o grau de incertezas que predominava em um passado recente.

Decisão sobre gratuidade de sacolas plásticas deve ser tomada pelo empresário, afirma FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) afirma que a decisão sobre a gratuidade de sacolas plásticas no comércio varejista na cidade de São Paulo deve ser exclusivamente tomada pelos empresários. Para a Federação, a determinação da distribuição gratuita do produto contraria os princípios constitucionais da livre iniciativa e da livre concorrência, uma vez que as sacolas reutilizáveis bioplásticas são também um produto oferecido pelos estabelecimentos, além deste tipo de fornecimento resultar em um consumo desenfreado, impactando significativamente na poluição ao meio ambiente.

Assinar este feed RSS