Agrishow 2019 espera superar o volume de negócios alcançados na edição 2018

O bom momento vivido pelo agronegócio brasileiro deve continuar em 2019. De acordo com o levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Brasil pode obter a segunda maior safra de grãos da história. A estimativa para a safra 2018/2019 é alcançar 233,29 milhões de toneladas, o que significa um aumento de 2,5% ante o período anterior 2017/2018. A manutenção da produção agrícola ressalta o protagonismo e a liderança do segmento tanto na economia nacional como na oferta de alimentos de alta qualidade para todo o mundo.

AGRONEGÓCIO: Produção brasileira de trigo cresce 3,4% em 2018

A indústria moageira brasileira processou 12,17 milhões de toneladas de trigo em 2018, volume 3,4% maior do que os 11,77 milhões de 2017. Área Norte/Nordeste, com 3,71 milhões de toneladas moídas, ficou em primeiro lugar, seguida do Paraná (3,47 milhões), Santa Catarina/Rio Grande do Sul (2,17 milhões), São Paulo (1,65 milhão) e Centro-Oeste/Minas Gerais/Rio de Janeiro/Espírito Santo (1,16 milhão). Os dados são da Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo).

Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 572,9 bilhões

O Valor Bruto da Produção Agropecuária ( VBP) de 2019, com base nas informações de safra de fevereiro, está estimado em R$ 572,9 bilhões, 0,9 % abaixo do valor do ano passado. As lavouras representam R$ 378,9 bilhões, e a pecuária, R$ 193,9 bilhões. Enquanto é esperado decréscimo real de 2,5 % nas lavouras, na pecuária espera-se valor 2,4 % maior que o de 2018. O comportamento favorável dessa atividade deve-se aos resultados de carne bovina e frangos que mostram recuperação, explica José Gasques, coordenador geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícolas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

AGRONEGÓCIO: Comércio de frutas e hortaliças movimenta mais de R$ 36 bi em 2018

O mercado atacadista movimentou cerca de 16,8 milhões de toneladas de frutas e hortaliças, injetando mais de R$ 36 bilhões na economia brasileira. Os dados referem-se à comercialização registrada dos produtos em 2018 nas principais Centrais de Abastecimento (Ceasas) do país e foram apresentados pelo presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Newton Araújo Silva Júnior, durante a eleição da Diretoria Executiva do Conselho Fiscal da Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen), nesta terça-feira (19), em Brasília.

Assinar este feed RSS