Exportação de ovos industrializados cresce em junho

Os embarques de ovos industrializados aumentaram significativamente em junho, ao contrário dos ovos in natura, que registraram o menor volume embarcado do ano. Segundo dados da Secex, de maio a junho, o Brasil ampliou em 79,1% os embarques de ovos processados, totalizando 288 toneladas enviadas ao exterior.

Preço do arroz atinge maior patamar nominal desde março/17

As cotações do arroz em casca seguem em alta no Rio Grande do Sul, de acordo com dados do Cepea. Nessa terça-feira, 10, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% de grãos inteiros, fechou a R$ 41,56/saca de 50 kg, o maior patamar nominal desde 17 de março de 2017 (R$ 41,67/sc), com elevação de 2,14% na parcial de julho (de 29 de junho a 10 de julho).

Preços do leite se estabilizam em altos patamares

Os preços do leite UHT e do queijo muçarela se estabilizaram em patamares elevados, conforme apontam dados do Cepea. Entre 1º e 7 de julho, a média do UHT foi de R$ 3,34/litro e a do queijo muçarela, R$ 20,26/kg, ligeiros aumentos de 0,53% e 0,11%, respectivamente, frente ao período anterior.

Safra 2017/18 registra quedas nos preços de arábica e robusta

De modo geral, a temporada 2017/18 de café registrou baixas nos valores do arábica e do robusta, especialmente, segundo pesquisadores do Cepea. Para este último, após duas temporadas de seca, as chuvas ao longo de 2016 e 2017 permitiram a recuperação dos cafezais e o avanço da produção, fazendo com que os preços da variedade voltassem a ficar próximos dos R$ 330,00/sc.

Preço do algodão recua mais de 5% na parcial de julho

A cotação da pluma tem registrado queda no mercado brasileiro, de acordo com dados do Cepea. No acumulado de julho (de 29 de junho a 10 de julho), o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, caiu 5,25%, fechando a R$ 3,4141/lp nessa terça-feira, 10.

Demanda aumenta, mas queda dos preços do etanol se mantém

Os preços dos etanóis anidro e hidratado recuaram no mercado paulista na semana passada, conforme apontam dados do Cepea. Entre 2 e 6 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou a R$ 1,4736/litro, baixa de 2,21% frente à semana anterior. 

Após recordes nominais, preços do trigo recuam

Neste início de julho, as cotações do trigo têm se enfraquecido em algumas regiões acompanhadas pelo Cepea – vale lembrar que, em junho, os valores registraram patamares recordes nominais. Os motivos para as baixas são o crescimento das importações em junho e as expectativas de boas produtividade e produção no Brasil. 

Assinar este feed RSS