Azul assina acordo para adquirir ativos da Avianca Brasil

A Azul anunciou nesta segunda-feira, 11, que assinou uma proposta não-vinculante no valor de US$ 105 milhões para a aquisição de certos ativos da Avianca Brasil através de uma Unidade Produtiva Isolada (UPI) de acordo com a Lei de Falências e Recuperação Judicial.

GOL cresce a receita líquida em 10% no 4T18

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. ("GOL" ou "Companhia"), (B3: GOLL4 e NYSE: GOL), a maior companhia aérea doméstica do Brasil, anuncia o resultado consolidado do quarto trimestre de 2018 (4T18) e do acumulado do ano de 2018 (12M18). Todas as informações são apresentadas em IFRS, em Reais (R$) e as comparações referem-se ao quarto trimestre de 2017 (4T17) e ao acumulado do ano de 2017 (12M17), exceto quando especificado de outra forma.

Acionistas da Embraer aprovam parceria com a Boeing

A Embraer S.A. anunciou que, após a Assembleia Geral Extraordinária da Companhia, foi aprovada, com 96,8% dos votos válidos, a parceria estratégica com a The Boeing Company, na forma Proposta da Administração divulgada em 24 de janeiro.

A consumação da Operação continua sujeita à aprovação por autoridades concorrenciais do Brasil, dos Estados Unidos da América e de outras jurisdições aplicáveis, além da satisfação de outras condições usuais em operações desta natureza.

(Redação - Investimentos e Notícias)

TAP registra crescimento de 7,8% em 2018

A TAP transportou em 2018 um total de 15,8 milhões de passageiros, registrando um crescimento de 10,4% face ao ano anterior, bastante acima das médias de crescimento das companhias aéreas na Europa e a nível global.

GOL tem o menor número de reclamações entre as aéreas

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes manteve a liderança no ranking divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), de acordo com o levantamento realizado pela plataforma Consumidor.gov. Nos dados referentes ao terceiro trimestre de 2018 (julho a setembro de 2018), a Companhia obteve o melhor índice entre as empresas do setor, com o número mais baixo de reclamações, de apenas 16 a cada 100 mil passageiros. O resultado dá continuidade ao reconhecimento do serviço prestado pela Companhia, que já liderou o ranking nos dois primeiros semestres do ano passado, assim como em todo o ano de 2017.

Governo libera 100% de capital estrangeiro para aéreas nacionais

O presidente Michel Temer assinou hoje (13) medida provisória (MP) que autoriza as empresas de aviação nacionais a terem participação ilimitada de capital estrangeiro. Com isso, deixa de existir o limite de 20% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais. A partir de agora, uma empresa brasileira do setor poderá ter 100% de capital estrangeiro. A MP será publicada ainda hoje, em edição extra do Diário Oficial da União.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS