Índice de confiança do consumidor cresce 5,3% em dezembro

A confiança do consumidor paulistano consolidou sua recuperação com a terceira elevação consecutiva. Em dezembro, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) do município de São Paulo atingiu 109,5 pontos, alta de 5,3% em relação aos 104 pontos vistos em novembro. Na comparação com o mesmo mês de 2016, quando o indicador marcava 110,7 pontos, houve redução de 1,1%.

Prévia da confiança da Indústria sobe em outubro

A prévia da Sondagem da Indústria de outubro de 2017 sinaliza alta de 1,9 ponto do Índice de Confiança da Indústria (ICI) em relação ao número final de setembro, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice avançaria para 94,7 pontos, o maior desde abril de 2014 (97,0 pontos). 

Confiança do pequeno empresário atinge 47,4 pontos em agosto

O Indicador de Confiança da Micro e Pequena Empresa (MPE) atingiu 47,4 pontos em agosto, o que representa uma estabilidade com relação aos 49,0 pontos registrados em julho. Já na comparação com agosto do ano passado, houve uma queda de 2,8 pontos percentuais – naquele mês o índice estava em 50,2 pontos. O indicador do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) varia de zero a 100, sendo que, acima de 50 pontos, reflete confiança desses empresários e, abaixo dos 50 pontos, reflete desconfiança com os negócios e com a economia.

Confiança das famílias aumenta 12,3% em junho

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF), apurada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), alcançou 77,1 pontos em junho de 2017, em uma escala de 0 a 200. O aumento de 12,3% em relação ao mesmo período do ano passado é a quarta variação positiva consecutiva. Na comparação com maio, o indicador apresentou queda de 0,7%.

PMEs estão menos confiantes para o 1º semestre de 2017

Os pequenos e médios empresários brasileiros estão menos confiantes para o primeiro trimestre de 2017. É o que mostra o Índice de Confiança do Pequeno e Médio Empresário (IC-PMN), ao registrar 63,14 pontos, resultado 3,1% menor quando comparado ao quarto trimestre de 2016. A pesquisa é elaborada pelo Centro de Estudos em Negócios do Insper, com apoio do Santander.

 

Como a TI pode melhorar a confiança da indústria em meio à crise?

O índice que mede a confiança do empresário brasileiro em relação ao desempenho da indústria já melhorou no último mês, segundo a CNI, o ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial) chegou ao melhor patamar de confiança para o próximo semestre – confiança que não acontecia desde 2014. Isso mostra que por mais passageiras que as crises econômicas sejam, elas ainda têm o potencial de fazer as empresas olharem com atenção para o futuro.

 

Confiança do consumidor cresce pelo segundo mês seguido

Diante de um cenário melhor para o custo de vida e do maior otimismo com a própria renda, a confiança do consumidor voltou a crescer em agosto. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), houve um avanço de 0,8% frente a julho e de 3,1% comparado a agosto de 2015.

Confiança cresce em 12 de 13 ramos do comércio

O otimismo do comerciante melhorou em agosto. Influenciado pela forma como os empresários passaram a enxergar a situação atual e o que eles esperam para o futuro, o indicador da Fundação Getulio Vargas (FGV) avançou 7,2 pontos frente a julho.

 

Assinar este feed RSS