Consórcio pode ser opção para conquistar casa própria em 2016

Diante das alterações realizadas pelos bancos para a contratação de crédito imobiliário, a compra do imóvel ficou mais difícil para muitos dos brasileiros. Nesse cenário, o sistema de consórcio vem ganhando força. No entanto, a AMSPA – Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências alerta o consumidor fazer essa modalidade apenas com empresas sólidas e não ter pressa para mudar.

  • Publicado em Imóveis

Embracon planeja crescimento de 20% até o fim de 2015

Os consumidores têm redobrado sua atenção no mercado financeiro e procurado planejar melhor seus gastos com contas futuras, em função da atual situação econômica do Brasil. Os bancos estão mais rígidos quanto a liberação de crédito e os juros estão mais altos. De acordo com o Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central, a projeção do PIB do país em 2015 é de -3,1% e para 2016, a estimativa é de -2%.

Rodobens Consórcio lança plano exclusivo para compra de imóveis

Para impulsionar ainda mais a venda do consórcio de imóveis no Brasil, a Rodobens Consórcio faz o lançamento do Plano Especial Imóvel Premiado, que reúne vantagens para consumidores que vão desde o não pagamento de juros até o sorteio de dois imóveis com um carro na garagem cada.

Procura por consórcio de veículos cresce no país

Apesar das sucessivas quedas nas vendas do varejo, alguns segmentos têm apresentado crescimento neste período conturbado pelo qual passa a economia brasileira, e o de consórcios é um deles, principalmente no setor de veículos.

Vendas de consórcio de imóveis para mulheres cresce 73%

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), as mulheres, no censo de 2010, eram responsáveis por 38,7% dos 57,3 milhões de domicílios. Se comparado com a mesma pesquisa feita em 2000, houve um aumento de 13,7 pontos percentuais. Estima-se ainda que elas sejam 58,5% do total de empregados no mercado de trabalho. Os dados acima ajudam a entender um pouco mais sobre a importância das mulheres na economia do país.

  • Publicado em Imóveis

Mais um consórcio paralisa obra no Comperj

Devo não nego, pago quando puder. O ditado é velho, mas a Petrobrás está estreando nas obras do Comperj uma nova roupagem para ele: devo não pago, nego enquanto puder. A decisão de não pagar os aditivos das obras de construção da Tubovia ao consórcio de empresas responsável pelo contrato, liderado pela Andrade Gutierrez, obrigou a desmobilização da operação e a consequente demissão de quase mil operários. Com isso, o Parque industrial todo do Comperj estará praticamente abandonado, sem nenhuma obra. O que já era ruim, piorou. Parece ficção, mas é a realidade.

Consórcio Mercedes-Benz amplia opções de aquisição

Com base no compromisso de gerar soluções para todos os momentos da vida do cliente, a Mercedes-Benz disponibiliza ao mercado, logo no ato da venda, diversas opções de aquisição de veículos comerciais. Entre elas, destaca-se o consórcio, ao lado das modalidades convencionais de financiamento, como Finame, Pro-Caminhoneiro, CDC e Finame-Leasing, oferecidos pela Rede de Concessionários em todo o País.

Consórcio Luiza lança segmento para compra de caminhões

Trabalhar com transporte, turismo ou simplesmente ter na garagem um veículo de maior valor pagando parcelas acessíveis, se comparadas ao mercado. Foi pensando em atender esse cliente que o Consórcio Luiza lançou uma modalidade de carta de crédito para aquisição de caminhões (ou veículos de igual valor). Agora, empreendedores e autônomos que trabalham com meios de transportes e utilizam veículos como ônibus, caminhões, vans e caminhonetes têm a opção de realizar seu sonho de forma bem facilitada.

Assinar este feed RSS