Indicador antecedente de emprego recua em janeiro

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas caiu 2,2 pontos em janeiro, para 83,5 pontos. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp interrompeu a tendência de alta iniciada em julho de 2020 ao ceder 0,5 ponto, para 84,5 pontos.

  • Publicado em Economia

Emprego formal cresce pelo 5º mês consecutivo

De acordo com estudo do Seade, com base no Novo Caged do Ministério da Economia, entre outubro e novembro, o emprego formal cresceu 1,2% no Estado de São Paulo, evolução similar à registrada para o Brasil (1,1%). As 522 mil admissões ocorridas no Estado superaram os 383 mil desligamentos, o que resultou na criação de 138 mil empregos, sendo 77.312 nos serviços e 49.315 no comércio.

Saldo de emprego formal tem o melhor mês da história

O saldo do emprego com carteira assinada em novembro ficou positivo em 414.556 postos de trabalho. É o melhor resultado para todos os meses desde o início da série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), superando o recorde anterior, registrado no Novo Caged de outubro passado. É o quinto mês consecutivo de saldo positivo e o melhor do ano até o momento.

  • Publicado em Economia

IAEmp recuou 0,4 ponto em novembro

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas recuou 0,4 ponto em novembro, para 84,5 pontos. Este é o primeiro recuo do indicador, após seis altas consecutivas. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp subiu 3,2 pontos, para 83,8 pontos.

  • Publicado em Economia

Caged confirma retomada em V da economia brasileira

Pelo quarto mês consecutivo, o Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) registrou saldo positivo na geração de empregos. Foram abertas 394.989 vagas com carteira assinada no mês, resultado de 1.548.628 admissões e de 1.153.639 desligamentos, melhor resultado não apenas para 2020 como também o melhor da história. O desempenho reforça a retomada da economia brasileira após os efeitos econômicos gerados pela pandemia de covid-19.

  • Publicado em Economia

Setor privado dos EUA cria 365 empregos no mês de outubro

O setor privado dos Estados Unidos gerou 365 postos de trabalho em outubro deste ano, ante o mês anterior, segundo dados divulgados hoje na pesquisa ADP Employment. O resultado veio abaixo do que o previsto por analistas, que estimavam a abertura de 650 empregos no mês.

Indicador antecedente de emprego sobe em agosto

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas subiu 8,8 pontos em agosto, para 74,7 pontos, o maior valor desde março desse ano (82,6 pontos), mês no qual a economia brasileira sofreu os primeiros impactos da pandemia. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp avançou 10,7 pontos, para 65,8 pontos.

  • Publicado em Economia

Brasil registra 131.010 postos de trabalho em julho

De acordo com o Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o emprego celetista no Brasil apresentou expansão em julho de 2020, registrando saldo de 131.010 postos de trabalho. Esse resultado decorreu de 1.043.650 admissões e de 912.640 desligamentos.

Assinar este feed RSS