Inadimplência de micro e pequenas empresas cresce

O Brasil encerrou julho de 2018 com mais um recorde histórico da inadimplência entre micro e pequenas empresas. O indicador de MPEs com dívidas em atraso chegou a 5,208 milhões no sétimo mês deste ano – o maior já apurado pela Serasa Experian desde março de 2016, quando teve início o levantamento. O aumento é de 9,4% frente a julho de 2017 (4,759 milhões). Já a comparação com junho deste ano (5,174 milhões) apontou aumento de 0,7%.

262.935 novas empresas foram registradas no 1º semestre

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, 1.262.935 de novas empresas foram registradas no primeiro semestre de 2018, o maior número para o período desde 2010, quando teve início a série. Na comparação com o primeiro semestre de 2017 (1.142.641), o aumento foi de 10,5%. Do total de empreendimentos criados de janeiro a junho deste ano, os Serviços de Alimentação aparecem em primeiro lugar, com 8,1%. Na sequência, estão os Serviços de Higiene e Embelezamento Pessoal (7,6%), Reparos e Manutenções de Prédios e Instalações Elétricas (7%) e Comércio de Confecções em Geral (6,4%).

  • Publicado em Economia

Demanda por crédito das empresas cresce 3,4 pontos em julho

Após um período de retração, o mercado começa a dar sinais de retomada das concessões de crédito. Cenário que vem resultando no aumento da demanda das micro e pequenas empresas do varejo e serviços (MPEs). Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que, entre junho e julho, o indicador que mede a intenção de contratar crédito registrou alta de 3,4 pontos. Em uma escala de zero a 100, o resultado de junho foi de 22,8 pontos, o valor máximo desde o início da série histórica.

Número de empresas inadimplentes cresce 9,38% em julho

O número de empresas com contas em atraso e registradas nos cadastros de inadimplentes cresceu 9,38% em julho de 2018, ante o mesmo mês do ano passado. Trata-se do terceiro mês seguido em que a alta supera a casa dos 9%: em junho, o crescimento havia sido de 9,41% e em maio, de 9,37%, ambos na comparação com o mesmo mês de 2017. 

Confiança empresarial fica estável em agosto

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) ficou praticamente estável em agosto, ao variar 0,1 ponto, para 91,6 pontos. Na métrica de média móveis trimestrais, o índice recuou pelo quinto mês consecutivo (0,4 ponto).

Demanda das empresas por crédito cresce 4,1% em julho

A demanda das empresas por crédito cresceu 4,1% em julho/2018 na comparação com o mês anterior conforme apurou o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. Porém, na comparação com julho/17, a procura dos empresários por crédito caiu 5,1%. Com estes resultados, a expansão da demanda empresarial por crédito subiu 0,9% no acumulado dos primeiros sete meses de 2018.

Confiança da micro e pequena empresa cresce

As recentes revisões de crescimento da economia para baixo e a percepção de piora no ambiente de negócios têm afetado o humor dos empresários de menor porte que atuam no comércio e no ramo de serviços. É o que mostra o Indicador de Confiança da Micro e Pequena Empresa calculado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). No último mês de julho, o indicador que acompanha a confiança desses empresários ficou em 48,9 pontos, um pouco acima do observado em junho (46,4 pontos). 

Micro e pequenas empresas com dívidas atrasadas crescem em junho

Segundo a Serasa Experian, junho de 2018 registrou 5,174 milhões de micro e pequenas empresas inadimplentes no Brasil. É mais um recorde histórico desde março de 2016, quando teve início a série. Na comparação com o mesmo mês de 2017 (4,727 milhões), o crescimento foi de 9,5%. Na relação com maio deste ano (5,122 milhões), a alta foi de 1,0%.

Assinar este feed RSS