Mongeral Aegon Investimentos ultrapassa R$ 2.8 BI em ativos

A Mongeral Aegon Investimentos superou, em outubro, a marca de R$ 2.8 bilhões em ativos sob sua gestão. Criada em 2013 a partir da boa gestão dos ativos da seguradora do grupo, a asset tem apresentado crescimento médio de 50% ao ano na adaptação de recursos de terceiros.

Número de empresas inadimplentes cresce 3,60% em outubro

O número de empresas com contas em atraso e registradas nos cadastros de devedores cresceu 3,60% em outubro na comparação com o mesmo mês do ano passado – quando a variação havia sido de 7,27%. Na passagem de setembro para outubro de 2017, sem ajuste sazonal, houve leve crescimento de 0,82%. Os dados são do Indicador de Inadimplência Pessoa Jurídica calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Cade e PF realizam busca e apreensão em obras de saneamento

A Operação “Vinil” foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (27/11) no estado de São Paulo. Fruto de trabalho conduzido pelo Cade, Ministério Público Federal (Grupo de Combate a Cartéis da Procuradoria da República no Estado de São Paulo) e pelo Departamento de Polícia Federal, a operação investiga suposta formação de cartel em licitações públicas para aquisição de conexões de polipropileno e de policloreto de polivinila, utilizadas em obras de saneamento básico.

Inadimplência das empresas atinge R$ 39,6 bilhões em 2016

A junção da maior crise econômica da história com a necessidade do sistema financeiro de se blindar, aumentando a taxa média de juros cobrados, rapidamente surtiu efeitos negativos sobre o mercado de crédito criando um clima adverso para os negócios ao afetar a capacidade das empresas de investir e de manter as contas em dia. É o que mostra o estudo "Juros e Inadimplência no Brasil 2014-2016", realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) com base nos dados do Banco Central contemplando apenas as operações formais de empréstimo e desconsiderando operações lastreadas em recursos direcionados.

Demanda das empresas por crédito avança 7,0% em outubro, aponta Serasa Experian

A demanda das empresas por crédito cresceu 7,0% em outubro em comparação com o mesmo mês do ano passado (out/16). Foi o que apurou o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. Na comparação com o mês imediatamente anterior, houve alta de 0,7% na demanda por crédito empresarial. Porém, no acumulado de janeiro a outubro de 2017, a demanda das empresas por crédito registra queda de 2,9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Santos Brasil apresenta Ebitda de R$ 29,1 mi no 3T17

O processo de reorganização operacional, iniciado pela Santos Brasil no final do ano passado, impactou positivamente o terceiro trimestre de 2017, gerando uma importante recuperação nos resultados financeiros da Companhia. Um indicador de recuperação do 3T17 foi o EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 29,1 milhões com margem de 13,9%. Já o EBITDA recorrente foi de R$ 17,3 milhões com margem de 8,3%. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, o EBITDA recorrente somou R$ 54,5 milhões com margem de 8,8%.

Suzano Papel e Celulose anuncia novos diretores

A Suzano Papel e Celulose anuncia Andrea Salzano Gavazzi e Ricardo Gonçalves como Diretores da unidade de Bens de Consumo, liderada por Fabio Prado, Diretor Executivo da área. Andrea será responsável pela Diretoria Comercial e Gonçalves entra na empresa para assumir o cargo de Diretor de Supply Chain de Bens de Consumo.

Assinar este feed RSS