Solúvel representa 11,3% das exportações totais de café até outubro

As exportações brasileiras de café totalizaram 24,75 milhões de sacas de 60kg no período de janeiro a outubro de 2017, das quais o café arábica correspondeu a 21,72 milhões de sacas, equivalentes a 87,8% do total. E o café solúvel, que exportou 2,8 milhões de sacas, correspondeu a 11,3%; o café robusta, 208 mil sacas, 0,8%; e 20 mil sacas de café torrado e moído que corresponderam a 0,1% das exportações. 

Exportações de carne bovina brasileira têm alta de 17%

Em setembro, as exportações brasileiras de carne bovina tiveram um volume 17% maior do que o exportado no mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC). No mês, foram embarcadas 135.562 toneladas do produto, o que gerou um faturamento de US$ 556 milhões, alta de 17,46% sobre o que foi faturado em setembro de 2016.

Indústria extrativa é destaque em exportações

Os Indicadores de Comércio Exterior da FGV/IBRE registraram aumento de 12,5% no volume exportado e de 10,8% no volume importado, na comparação entre os meses de julho de 2016 e 2017. Tanto nas exportações como nas importações, o aumento do volume na comparação mensal foi liderado pela indústria extrativa, com crescimento de 49,7% nas exportações e 40,6% nas importações. índice de volume importado dos bens de capital na FBCF (formação bruta de capital fixo) caiu 31%, o de bens intermediários (BI) utilizados pela indústria de transformação cresceu 8,3% e os BI no setor agropecuário, 91,2%. Os preços das commodities exportadas recuaram 3,3% entre os meses de julho (2017/16), confirmando a tendência de queda nos termos de troca iniciada em março de 2017.

Exportações de calçados chegam a US$ 608 milhões no ano

Embora prejudicadas pela recente valorização do real frente ao dólar, as exportações brasileiras de calçados registraram incremento de 14,7% em valores gerados no comparativo entre janeiro e julho deste ano com o mesmo período de 2016. Nos setes meses foram embarcados 67,4 milhões de pares que geraram US$ 608 milhões. Em volume, o número é 1,3% maior do que o registro do ano passado, o que é explicado pela alta no preço médio do produto verde-amarelo (de quase 12%).

Assinar este feed RSS