Faturamento da indústria cresce em outubro

O faturamento da indústria brasileira aumentou 3,1% em outubro na comparação com setembro, na série livre de influências sazonais. Foi a quarta alta consecutiva do indicador. Mesmo assim, o faturamento  acumula uma queda de 1,7% de janeiro a outubro em relação a igual período do ano passado, informam os Indicadores Industriais, divulgados nesta terça-feira (2), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Turismo faturou 3,7% a mais entre julho a setembro

A hotelaria foi o segmento que teve o maior aumento médio de faturamento no terceiro trimestre deste ano. Os meios de hospedagem avançaram 7,2% em relação ao período de julho a setembro do ano passado, quase o dobro do crescimento médio dos sete setores pesquisados pelo Ministério do Turismo (3,7%). Os números são do Boletim de Desempenho Econômico do Ministério do Turismo, feito em parceria com Fundação Getúlio Vargas. Foram ouvidos 553 empresas que empregam 77,8 mil pessoas e faturaram R$ 8,8 bilhões no trimestre.

Faturamento das micro e pequenas empresas volta a crescer em setembro

Após seis quedas seguidas, na comparação de um mês com igual período do ano anterior, o faturamento real (já descontada a inflação) das micro e pequenas empresas (MPEs) paulistas voltou a crescer. Em setembro deste ano houve aumento de 6,9% na receita real ante setembro de 2013. Apesar da alta, no acumulado do ano, o faturamento registra variação de -0,3% em relação ao mesmo intervalo de 2013. Os dados são da pesquisa Indicadores Sebrae-SP.

Empresas ampliam faturamento de franquias de bolos caseiros

A “investida” das empresas tem contribuído para o aumento das vendas e criado novas estratégias de vendas, “Com esse aumento já cogitamos fazer parcerias com buffets para diversos tipos de eventos”, afirma Fernando Mello, sócio da Lá de Casa Bolos.

Indústria melhora índices relativos a faturamento e uso da capacidade instalada

A utilização da capacidade instalada (UCI) da indústria brasileira aumentou em setembro, na comparação com agosto, passando de 80,5 para 81,3 pontos, descontadas as influências sazonais. No mesmo período, além do aumento de 0,8 ponto na UCI, o índice de horas trabalhadas na produção subiu 1% e o de faturamento real da indústria, 0,8%. Os dados constam dos Indicadores Industriais, divulgados hoje (3) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Trumpf anuncia alta de 61% nos lucros

O Grupo TRUMPF aumentou seu faturamento de forma significativa no ano fiscal 2013/14. O lucro antes dos impostos cresceu 61,2 por cento, alcançando 248 milhões de euros (ano anterior: 154 milhões de euros). O anúncio foi feito pela companhia em sua coletiva de imprensa anual em Ditzingen.

Faturamento das MPEs registra nova queda

Em mais um mês de resultados fracos, as micro e pequenas empresas (MPEs) do Estado de São Paulo registraram queda de 8,9% no faturamento real em agosto em relação a igual período de 2013. Foi o sexto recuo consecutivo na receita real das MPEs em 2014, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, segundo a pesquisa Indicadores Sebrae-SP.

Assinar este feed RSS