Índice de Expansão do Comércio cresce 0,8% em janeiro e atinge 99,7 pontos

Em janeiro, o Índice de Expansão do Comércio (IEC) - pesquisa realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) - registrou crescimento de 0,8% em relação a dezembro, ao passar de 98,9 para 99,7 pontos. Após cinco altas seguidas contra o mês imediatamente anterior, o IEC caiu 0,5% (na margem de erro) em dezembro, mas voltou a subir em janeiro. Houve, aparentemente, um ajuste após muitas altas seguidas, mas isso não parece ter sido uma virada ou mudança de humor.

Faturamento do comércio eletrônico paulista atinge R$ 4,19 bilhões no 3T17

O comércio eletrônico paulista registrou faturamento real (já descontada a inflação) de R$ 4,19 bilhões no terceiro trimestre de 2017, alta de 19,2% na comparação com os R$ 3,51 bilhões registrados no mesmo período de 2016. É a maior cifra registrada para o período desde o início da série histórica, em 2013. No acumulado dos 12 meses - após encerrar 2016 com uma queda de 1,4% -, o faturamento do setor cresceu de modo acelerado no período e registrou alta de 6,9%. É o que aponta a pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), realizada por meio do seu Conselho de Comércio Eletrônico em parceria com a Ebit.

ICEC tem leve queda de 0,5% em dezembro, aponta FecomercioSP

Após atingir o maior patamar em quase quatro anos, motivada pelo aparente fim das turbulências políticas e pela esperança de retomada da agenda de reformas, a expectativa dos empresários voltou a cair em dezembro e, com isso, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) apresentou leve retração de 0,5%, passando de 109,7 pontos em novembro para 109,1 pontos no mês atual. Na comparação anual, o ICEC avançou 11,5%, quando atingia 97,9 pontos.

Faturamento do setor de serviços cresce 12,8% em novembro, aponta FecomercioSP

Pelo 11º mês consecutivo, o faturamento real do setor de serviços na cidade de São Paulo apresentou alta no comparativo anual. Em novembro, as receitas atingiram R$ 24,8 bilhões, aumento de 12,8% em relação ao mesmo mês do ano passado, o que representa R$ 2,8 bilhões a mais em vendas. É a segunda maior cifra registrada em um mês de novembro pelo setor de serviços paulistano desde o início da série histórica da pesquisa, em 2010. No acumulado do ano, o faturamento real cresceu 5,9%, chegando a R$ 261,2 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, a alta nas receitas foi de 5,3% - quinto resultado positivo consecutivo, depois de um período de 22 meses registrando quedas.

BC acerta ao reduzir Selic para 7,5%, aponta FecomercioSP

Para a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o Banco Central (BC) foi sensato e acertou ao reduzir a Taxa Selic em 0,75 ponto porcentual (p.p.), passando de 8,25% para 7,5% ao ano. O ritmo de queda nas cinco reuniões anteriores foi de 1 ponto porcentual, trazendo, conforme projeção da FecomercioSP, a Selic para um dígito logo no início do segundo semestre e se aproximando ainda mais do patamar de 7%, que é exatamente a projeção da Entidade para o fim do ano.

Assinar este feed RSS