Inadimplência do consumidor inicia 2018 em queda

Segundo estudo desenvolvido pela área de Decision Analytics da Serasa Experian, em janeiro de 2018, o número de consumidores inadimplentes no país era de 60,1 milhões. Na comparação com dezembro de 2017 (60,4 milhões), o índice teve queda de 0,5%, ou seja, a segunda consecutiva, já que em dezembro x novembro o indicador já tinha caído 1,15%. O montante alcançado pelas dívidas em janeiro deste ano foi de R$ 265,6 bilhões, com média de quatro dívidas por CPF, totalizando R$ 4.420 por pessoa.

  • Publicado em Economia

Inadimplência do consumidor abre o ano com alta

Apesar dos sinais mais claros de retomada da economia, a inadimplência do consumidor vem se mantendo em um patamar elevado. Segundo dados apurados pelo Indicador de Inadimplência do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o volume de brasileiros com contas em atrasos e com restrições no CPF abriu o ano de 2018 com alta de 2,10% na comparação com o mês de janeiro do ano passado. Trata-se do crescimento mais expressivo desde junho de 2016, quando a alta fora de 2,78%. Na comparação mensal, ou seja, com dezembro de 2017, sem ajuste sazonal, o aumento na quantidade de devedores foi de 0,96%, a maior desde maio do ano passado.

Inadimplência do consumidor cai 3,8% em 12 meses

A inadimplência do consumidor caiu 3,8% no acumulado 12 meses (fevereiro de 2017 até janeiro de 2018 frente aos 12 meses antecedentes), de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já na avaliação mensal com ajuste sazonal, janeiro apresentou crescimento de 1,6%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2017, o indicador caiu 6,2%.

Inadimplência do cartão atinge menor nível da série histórica

Segundo levantamento da Abecs, associação das empresas de cartões, com base em dados divulgados pelo Banco Central, é cada vez menor a dívida dos consumidores no cartão de crédito. Após a mudança na regra que limitou em até 30 dias o prazo de permanência no crédito rotativo, em vigor desde abril de 2017, o índice de inadimplência do cartão caiu para 6,2% em dezembro, menor patamar de toda a série histórica do Banco Central, iniciada em março de 2011.

Inadimplência das empresas diminui 6,5% em 2017

A inadimplência das empresas em todo o país caiu 6,5% em relação a 2016, de acordo com dados nacionais coletados pela Boa Vista SCPC. O indicador é um somatório dos principais mecanismos de apontamento de inadimplência empresarial, isto é, cheques devolvidos, títulos protestados e registros de débitos realizados na base do SCPC.

Taxa de inadimplência manteve trajetória de queda em dezembro

Em dezembro, o custo médio das operações de crédito ativas do Sistema Financeiro Nacional, aferido pelo Indicador de Custo do Crédito (ICC), situou-se em 21,4% a.a. (-0,5 p.p. no mês e -1,4 p.p em doze meses), com redução no crédito livre (-1,4 p.p. e -4 p.p., nas mesmas bases de comparação, situando-se em 34,4%) e estabilidade no direcionado (em 8,9% a.a.), segundo dados do Banco Central (BC).

Inadimplência com cheques é a menor dos últimos 4 anos

Em 2017 foram devolvidos pela segunda vez, por falta de fundos, 2,00% do total de cheques compensados em todo o país, revela o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. O patamar de inadimplência com cheques é o menor dos últimos quatro anos, retornando ao mesmo nível de 2013.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS