Lucro líquido da ABB atinge US$ 64 milhões no 2T19

A multinacional ABB apresentou um crescimento de 1% nos pedidos globais durante o 2º trimestre de 2019, em relação ao mesmo período do ano anterior. Na mesma comparação, em dólares, o faturamento aumentou 7%, e o lucro líquido da companhia foi de US$ 64 milhões, incluindo um encargo de US$ 455 milhões relacionado à venda do negócio de inversores solares. As incertezas macroeconômicas e geopolíticas não foram um empecilho para os bons resultados da empresa nos primeiros seis meses do ano. As encomendas se desenvolveram particularmente bem em toda a América do Sul, especialmente no Brasil, que viu os pedidos aumentarem 36% no 2º trimestre, e alta de 20% no semestre.

Grupo Panalpina registra EBIT de 52,1 mi de francos suíços

A Panalpina, operador logístico e agente de carga global, encerrou o primeiro semestre de 2019 com estabilidade nos resultados. De janeiro a junho, a companhia gerou um EBIT de 52,1 milhões de francos suíços (CHF) e um lucro consolidado de CHF 34 milhões, praticamente alcançando os mesmos níveis do ano anterior, quando registrou CHF 54,7 milhões e CHF 36,1 milhões no período, respectivamente.

Lucro das seguradoras cresce 23%

Apesar do cenário econômico brasileiro estar desfavorável, com dados abaixo da expectativa, o mercado de seguros conseguiu registrar números positivos nos primeiros cinco meses do ano. A última edição da Carta de Conjuntura do Setor de Seguros, produzida pelo Sindicato das Empresas de Seguros e Resseguros (SindsegSP) e pelo Sindicato de Empresários e Profissionais Autônomos da Corretagem e da Distribuição de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP), confirma o avanço.

EBITDA ajustado da Arcos Dorados Brasil cresce 12,1%

A divisão Brasil da Arcos Dorados, maior franquia independente do McDonald's do mundo, registrou um crescimento de vendas comparáveis de 6,8% no 1º trimestre de 2019, acima da inflação do período e quase o dobro do crescimento do mercado. Com esse resultado, as receitas também tiveram uma significativa alta, ficando 8,6% maiores em comparação ao mesmo período do ano passado, e o EBITDA ajustado registrou um aumento de 12,1%, considerando moeda constante.

 

Iguá Saneamento registra Ebitda de R$ 63,9 milhões

A Iguá Saneamento registrou Ebitda (Lajida, em português, que significa lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 63,9 milhões no primeiro trimestre de 2019, um aumento de 10,7% em relação aos R$ 57,7 milhões contabilizados no mesmo período de 2018. A companhia manteve o ritmo de investimento retomado em 2018, atingindo um montante total de R$ 95,3 milhões de janeiro a março, o que representa um crescimento de 183%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a receita operacional líquida cresceu 44,8%, ou R$ 66,7 milhões, saltando de R$ 149 milhões (1ºtri 2018) para R$ 215,8 milhões (1 tri 2019).

 

Assinar este feed RSS