Receita líquida consolidada da Natura &Co cresce 12,1%

A Natura &Co, que reúne Avon, Natura, The Body Shop e Aesop e é considerado o quarto maior grupo do mundo dedicado à beleza, acaba de publicar o seu Relatório Anual de 2020. O documento destaca a performance financeira, social e ambiental da companhia durante o ano, além de atualizações sobre a estratégia de negócio e avanços em sua transformação digital e agenda sustentável.

Natura &Co aprova aumento de capital da companhia

Em reunião do Conselho de Administração da Natura &Co, a empresa informou que foi aprovado o aumento do capital social de, no mínimo, R$1.000.0000.00,00 (um bilhão de reais) e, no máximo, R$ 2.000.000.000,00 (dois bilhões de reais), mediante de emissão de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal para subscrição privada, dentro do limite do capital autorizado.

 

Natura aprova distribuição de juros sobre capital próprio

O Conselho de Administração da Natura Cosméticos S.A. aprovou no dia 1 de novembro de 2019, conforme proposta da Diretoria, ad referendum da assembleia geral ordinária da Companhia que deliberará sobre as demonstrações financeiras do exercício social a ser encerrado em 31 de dezembro de 2019, a distribuição de remuneração aos acionistas, sob a forma de juros sobre o capital próprio referentes ao período de 1º de janeiro de 2019 a 31 de outubro de 2019.

Natura Cosméticos registra a Natura &Co Holding S.A.

A Natura Cosméticos anunciou a preparação para reestruturação societária e aquisição da Avon Products, Inc., objeto do Fato Relevante de 22 de maio de 2019, a Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) deferiu, em 25 de setembro de 2019, o registro de emissor de que trata a Instrução CVM nº 480/09, na categoria “A”, para a Natura &Co Holding S.A. (“Natura &Co”). 

Natura&Co dobra o lucro líquido no 2T19

O lucro líquido mais do que dobrou e alcançou R$ 66,6 milhões no 2T19, impulsionado pelo sólido aumento da receita em todos os negócios e forte controle de despesas. No 1S19, o lucro líquido foi de R$ 108,0 milhões, alta de 92,2% em relação ao 1S18. O lucro operacional ajustado, que exclui todos os efeitos não recorrentes, cresceu 18,9% no 2T19 e 4,5% no 1S19.

Assinar este feed RSS