Emissões de empresas brasileiras no mercado de capitais avançam em 2017

As emissões das empresas brasileiras no mercado de capitais atingiram R$ 198,9 bilhões em 2017, com alta de 59% na comparação a 2016, de acordo com o boletim divulgado pela ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). O número de operações realizadas no período avançou 12%, totalizando 729 ofertas no ano passado contra 649 no período anterior.

Faturamento do setor de serviços cresce 12,8% em novembro, aponta FecomercioSP

Pelo 11º mês consecutivo, o faturamento real do setor de serviços na cidade de São Paulo apresentou alta no comparativo anual. Em novembro, as receitas atingiram R$ 24,8 bilhões, aumento de 12,8% em relação ao mesmo mês do ano passado, o que representa R$ 2,8 bilhões a mais em vendas. É a segunda maior cifra registrada em um mês de novembro pelo setor de serviços paulistano desde o início da série histórica da pesquisa, em 2010. No acumulado do ano, o faturamento real cresceu 5,9%, chegando a R$ 261,2 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, a alta nas receitas foi de 5,3% - quinto resultado positivo consecutivo, depois de um período de 22 meses registrando quedas.

Aliansce vende 24% de participação no Caxias Shopping

A Aliansce Shopping Centers S.A. anuncia a venda de 24% da sua participação no Caxias Shopping, para o XP Malls FII. O valor a ser recebido pela participação é de R$35,5 milhões, sendo 94% até fevereiro de 2018 e o restante em fevereiro de 2019 (corrigido por CDI), na conclusão da operação. Esse valor poderá ser acrescido de uma remuneração variável baseada no desempenho do shopping em 2018. Considerando o NOI esperado para 2017, o cap rate da operação pode variar entre 8,8% e 10,8%. A Aliansce não irá incorrer em taxas adicionais de estruturação e a operação já é líquida de impostos, inclusive ITBI.

Gasto do turista estrangeiro é o maior do semestre

O gasto de turistas estrangeiros no Brasil, em novembro, foi o maior registrado no segundo semestre deste ano. A receita cambial do turismo alcançou US$ 485 milhões, o equivalente a um aumento de 2,62%, na comparação com o mesmo mês de 2016, quando os visitantes internacionais deixaram US$ 472 milhões nos destinos brasileiros.

Assinar este feed RSS