Via Varejo apresenta lucro líquido contábil de R$ 65 mi

  •  
Via Varejo apresenta lucro líquido contábil de R$ 65 mi (Foto: Pexels) Via Varejo apresenta lucro líquido contábil de R$ 65 mi

O EBITDA Ajustado operacional da Via Varejo no 2T20 atingiu R$314 milhões, com aumento de 76,0% frente ao 2T19, e a margem EBITDA ajustada operacional do período foi de 5,9%, 2,9 p.p superior ao 2T19. A melhora significativa da performance foi resultado da excepcional venda do canal online, a evolução de margem de produtos e as ações de redução de despesas fixas e variáveis. Lembrando que a linha de Outras Despesas e Receitas Operacionais, em sua maioria, se refere a reestruturação e fechamento de lojas.

No 2T20, o resultado financeiro líquido de efeitos não recorrentes atingiu (R$323) milhões, com piora de 1,5p.p. frente ao 2T19, representando 6,1% da receita líquida. Aumento impactado pelo CCB e alongamentos das dívidas feitos pela Companhia nesse trimestre.

A Companhia reportou reversão de prejuízo para o lucro líquido contábil no período, saindo de (R$162) milhões para R$ 65 milhões. Entretanto, apresentou prejuízo operacional de (R$176) milhões no 2T20 vs. Prejuízo operacional de R$ (296) milhões no 2T19. Tal resultado reflete o desempenho da operação com excelente e performance do e-commerce, mas desalavancagem operacional por conta da que da de receita, custos fixos vinculados ao fechamento de lojas na pandemia e aumento da despesa financeira.

Por fim, a receita bruta de lojas físicas apresentou queda de (63,0%) vs. 2T19 devido ao impacto do fechamento das lojas no dia 21 de março de 2020 e reabertura parcial ao longo do 2T20.

(Redação – Investimentos e Notícias)