XXI Congresso SOGESP 2016

  •  
XXI Congresso SOGESP 2016 Foto: Divulgação XXI Congresso SOGESP 2016

De 25 a 27 de agosto, o Transamerica Expo Center será palco de um dos mais importantes eventos do calendário científico da especialidade, o XXI Congresso Paulista de Obstetrícia e Ginecologia. O congressista poderá aproveitar mais de 380 horas de atividades entre sessões interativas, top temas, debates informais, fóruns, apresentação de trabalhos científicos, recomendações SOGESP, entre muitas outras.

Infertilidade, transtornos sexuais, assistência à vítima de violência sexual, intercorrências clínicas na gestação, a importância do ginecologista no tratamento do câncer genital, reserva ovariana na fase reprodutiva, o papel do GO na infância e adolescência, aleitamento materno são alguns dos temas que permeiam a grade de 25 de agosto.

No segundo dia, 26, o tocoginecologista poderá conferir aulas sobre doenças mamárias, endometriose, prematuridade na gestação gemelar, prolapso uterino, medicina fetal, uroginecologia, a formação do especialista, além dos Fóruns de Valorização do Tocoginecologista, entre outros.

No encerramento, acontecerá o Fórum dos Representantes Credenciados, além de abordagens de tópicos como assistência pré-natal após cirurgia bariátrica, anticoncepção em situações especiais, ginecologia de consultório, Zika Vírus, cirurgias ginecológicas, apenas para citar alguns exemplos.

“Certamente este é o maior Congresso sulamericano da GO, o que só é possível em função da qualidade dos temas, ou seja, conseguimos oferecer aos colegas uma orientação prática de alto nível e, ao mesmo tempo, abordagens com qualidade incontestável. O resultado se traduz pelo número de trabalhos científicos inscritos, um recorde nesta edição”, elogia Paulo Giraldo, presidente da SOGESP.

A situação econômica do país sugeria a redução nas inscrições para o evento, mas toda a organização do Congresso foi surpreendida positivamente: foram 538 trabalhos submetidos, contra 427 em 2015. Assim, a expectativa é de que a participação seja maciça e significativa.

“Sabemos que o tocoginecologista em geral não produz estes trabalhos que, normalmente, são advindos das academias e universidades. Portanto, comemoramos a integração do viés universitário ao médico que atende em seu consultório. Além disso, a comissão julgadora é altamente rigorosa, o que inspira confiança e estímulo à produção de projetos de qualidade”, explica Giraldo.

Espaço Associado SOGESP
O Espaço Associado SOGESP estará no estande da SOGESP e terá disponibilizado um maquiador e um massagista que atenderá os sócios, em local agradável e climatizado, com direito a café e petit four. No próprio estande, haverá também um cartunista que fará ilustrações a todos os congressistas. Não perca!

Inovação na Prática
No dia 24, acontecem os 12 cursos pré-congressos. Um dos mais esperados é o 1º Curso Prático sobre Assistência ao Parto, uma experiência inovadora no Congresso que oferecerá treinamento aos tocoginecologistas do estado por meio de um conteúdo empírico. “Esperamos uma aceitação positiva, pois, em geral, os Congressos propiciam uma carga intensa de atualização teórica e, neste caso, serão seis estações em que os médicos inscritos, através de um sistema de rodizio, por um período de 4 horas, poderão realizar parto normal, fórceps, cesariana”, comenta o presidente da SOGESP.

Resultado da preocupação da SOGESP em ampliar a qualidade dos treinamentos para os tocoginecologistas do estado, o Curso poderá integrar, posteriormente, a grade curricular da Escola Superior de Ginecologia e Obstetrícia (ESGO), que ofertará conteúdos práticos em procedimentos e cirurgias ainda em 2016.

Recomendações SOGESP
No decorrer das atividades científicas, serão apresentadas as novas Recomendações SOGESP. Alguns temas abordados serão: Depressão puerperal: diagnóstico; Quando e como investigar acretismo placentário durante a assistência pré-natal?; Conduta nas pacientes com indicação de FIV com diagnóstico de endometrioma; Terapia hormonal da menopausa cirúrgica em mulheres que tiveram endometriose?; Métodos não farmacológicos para alívio da dor no trabalho de parto; Há indicação do uso de pessário na prevenção de prematuridade?; Histeropreservação na correção do prolapso genital?; Laparoscopia em cirurgias de miomas. Deve-se contraindicar a morcelação?

(Redação - Agência IN)