Aprovação da Previdência é vitória do Brasil, aponta Fiesp

O presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, se pronunciou nesta quarta-feira, 23, sobre a votação da reforma da Previdência. Segundo Skaf, o Congresso Nacional escreveu uma das mais importantes páginas da sua história com a conclusão da votação pelo Senado.

 

 

BC sabota a retomada do crescimento, diz Skaf

O Copom definiu hoje a taxa Selic em 13,75% ao ano, segunda queda consecutiva de apenas 0,25 ponto percentual.

Trata-se de uma decisão incompreensível se levarmos em conta os dados mais recentes de nossa economia. O PIB brasileiro já acumula queda de 7% em relação a 2014. Hoje pela manhã, o IBGE divulgou o PIB do terceiro trimestre, mostrando queda de 0,8%, frente à redução de 0,4% no trimestre anterior. Ou seja, fica claro que a retração econômica se aprofundou no terceiro trimestre, disse Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp.

Após reunião com Moreira Franco, Skaf reafirma oposição à outorga onerosa

O presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, abriu e encerrou reunião nesta quinta-feira (14/7) com o ministro Wellington Moreira Franco, do Programa de Parcerias de Investimentos, defendendo que as concessões federais sejam feitas pelo menor preço, com garantia de qualidade do serviço. A outorga onerosa, explicou Skaf, “custa caro para a sociedade e afeta a competitividade por décadas seguidas”. A outorga onerosa permite ao governo “receber uma bolada imediatamente”, ajudando no curto prazo, mas cria problemas no longo prazo, afirmou.

É preciso separar crise política da econômica para retomar crescimento, diz Skaf

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, afirmou hoje (8) que o Brasil precisa recuperar a confiança para retomar o crescimento. Em discurso durante encontro que reuniu mais de 100 empresários com o presidente interino Michel Temer, Skaf manifestou-se contra o aumento de impostos e disse que, para o país voltar a crescer. é fundamental separar a crise política da econômica.

Skaf diz que fará tudo para impedir aprovação da nova CPMF

O presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, disse nesta quarta-feira (16) que vai fazer tudo nos próximos dias para impedir a aprovação da nova Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) ou de qualquer aumento de tributos.

Assinar este feed RSS