Conselho de Ética marca nova data para ouvir Delcídio

Integrantes do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado acusaram nesta quarta-feira (23) o senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) de tentar procrastinar, ou seja, adiar intencionalmente, o processo contra ele no colegiado. A reunião de hoje havia sido marcada para ouvir o senador, que não compareceu amparado por mais um atestado médico de 15 dias.

STF nega pedido de Delcídio sobre Conselho de Ética

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou hoje (16) liminar requerida pelo senador Delcídio do Amaral (sem partido/MS) em um mandado de segurança para suspender o processo contra ele no Conselho de Ética do Senado por quebra de decoro parlamentar.

Relator propõe abertura de processo contra Delcídio no Conselho de Ética

O relator da representação contra o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) no Conselho de Ética do Senado, senador Telmário Mota (PDT-RR), deu parecer pela abertura de procedimento investigatório contra ele. Após a leitura do relatório, o presidente do conselho, João Alberto Souza (PMDB-MA), convocou reunião para a próxima quarta-feira (16) para votação do parecer.

Cunha entra com novo recurso para anular processo no Conselho de Ética

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apresentou novo recurso (REC 114/16) para tentar estancar o processo de investigação no Conselho de Ética. O documento será encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, que será responsável por analisar o pedido do peemedebista. Desta vez, Cunha elencou nove motivos para pedir que o processo seja imediatamente interrompido.

Cunha é notificado e tem dez dias para se defender no Conselho de Ética

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara notificou hoje (7) à tarde o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, sobre o processo de investigação que tramita contra ele, com a aprovação do relatório preliminar do deputado Marcos Rogério (PDT-RO) na semana passada. Com o recebimento da notificação, Cunha terá, a partir de amanhã (8), dez dias úteis para apresentar defesa por escrito ao conselho. O prazo termina dia 21 de março.

Conselho de Ética vai tentar novamente notificar Cunha

A segunda tentativa de notificar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sobre o prazo de dez úteis dias para apresentação de sua defesa ao Conselho de Ética será feita na tarde de hoje (7), segundo assessores do colegiado. Na última quinta-feira (3) integrantes do Conselho tentaram entregar o documento ao parlamentar, mas não foram recebidos por Cunha que alegou estar em reunião no momento da tentativa.

Conselho de Ética não consegue notificar Cunha sobre prazo para defesa

O Conselho de Ética da Câmara tentou - sem sucesso - notificar, na manhã de hoje (3), o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) sobre o prazo de dez úteis dias para apresentação de sua defesa, tendo em vista a admissibilidade do processo por quebra de decoro parlamentar no colegiado por 11 votos a 10 essa semana.

Assinar este feed RSS