Aegea apresenta alta de 18,1% em receita no 2º trimestre de 2017

O segundo trimestre de 2017 permaneceu positivo, em termos financeiros e operacionais, para a Aegea, holding de saneamento básico com atuação em 48 municípios brasileiros, em 10 estados. A Aegea registrou variação positiva de 18,1% na receita líquida e de 13,6% no EBITDA, atingindo R$ 285,9 milhões e R$ 149,6 milhões, respectivamente.

CSU lucra R$ 9,1 milhões no segundo trimestre

A CSU, empresa líder no mercado brasileiro de prestação de serviços de alta tecnologia voltados ao consumo, relacionamento com clientes, processamento e transações eletrônicas, anunciou um lucro líquido de R$ 9,1 milhões no segundo trimestre de 2017 (2T17), valor que supera em 9,2% os três meses anteriores (1T17) e em 8,2% o resultado apresentado no mesmo período de 2016. No acumulado do semestre (1S17), o lucro líquido alcançou R$ 17,4 milhões, com 5,4% de crescimento em doze meses.

Lucro ajustado do BB cresce 67,3% no 1S17

O Lucro Líquido Ajustado do BB alcançou R$ 5,2 bilhões no primeiro semestre de 2017. O Retorno sobre o Patrimônio (RSPL) foi 12,4% ao ano no período. O Lucro Líquido no segundo trimestre foi de R$ 2,619 bilhões, 7,2% superior na comparação com o primeiro trimestre deste ano. O Lucro Líquido por ação do BB foi de R$ 0,94 e a remuneração aos acionistas alcançou R$ 778,8 milhões no segundo trimestre, acumulando R$ 1,5 bilhão no primeiro semestre.

Assinar este feed RSS