Receita líquida da Energisa atinge R$ 6,448 bi em oito meses

Pelo segundo mês no ano, o consumo consolidado de energia elétrica no mercado cativo e transporte de energia aos consumidores livres localizados nas áreas de concessão das distribuidoras do Grupo Energisa mostrou aumento, totalizando 2.362,2 GWh em agosto, ou seja, um avanço de 1,1% em relação a igual mês do ano passado. Deste total, 2.034,5 GWh foram vendidos no mercado cativo, que aumentou 0,2%, e 327,7 GWh foram transportados para consumidores livres (aumento de 6,6%). Essa melhoria no mercado cativo decorre, principalmente, do crescimento consumo da classe residencial. Exceto nas áreas de concessão da Energisa Minas Gerais e da Energisa Paraíba, todas as demais distribuidoras do Grupo apresentaram crescimento das vendas de energia. Após dois meses em queda, as vendas da Energisa Mato Grosso do Sul se destacaram, com aumento de 3,5% no mês. Destaque também para a melhoria das vendas de energia da Energisa Mato Grosso (+2,1%), das distribuidoras do Grupo na região Sul e Sudeste: EDEVP (+3,0%), CFLO (+2,5%), EEB e Caiuá (+2,3); e CNEE (+2,0%). O consumo na ENF e na EBO cresceu 1,8%.

Energisa S/A - Primeiro Aditamento ao Acordo de Voto da Companhia

grupoenergisa

ENERGISA S/A
Companhia Aberta
CNPJ/MF nº 00.864.214/0001-06
Praça Rui Barbosa, nº 80 (parte)
Cataguases, MG – CEP 36.770-901
www.energisa.com.br

 

FATO RELEVANTE

 

A Energisa S/A (“Companhia”), em cumprimento ao disposto no artigo 157, §4º, da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e na Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, o acionista controlador Gipar S/A e o acionista minoritário GIF IV Fundo de Investimento em Participações, fundo de investimento em participações gerido pela Gávea Investimentos Ltda. (“GIF IV”) celebraram o Primeiro Aditamento ao Acordo de Voto da Companhia firmado em 20 de junho de 2013 (“Primeiro Aditamento” e “Acordo de Voto”, respectivamente).

O Primeiro Aditamento foi celebrado exclusivamente com o propósito de refletir a desvinculação do Fundo de Investimento em Participações da Serra (“FIP Serra”) do Acordo de Voto, em decorrência da alienação de 20.006.800 (vinte milhões, seis mil e oitocentos) certificados de depósito de ações formados por 1 (um) ação ordinária e 4 (quatro) ações preferenciais cada (“Units”), que representam 20.006.800 (vinte milhões, seis mil e oitocentos) ações ordinárias e 80.027.200 (oitenta milhões, vinte e sete mil e duzentos) ações preferenciais de emissão da Companhia para o GIF IV, realizada também nesta data. 

O Primeiro Aditamento preservou integralmente os direitos e obrigações estabelecidos no Acordo de Voto, sem alterar a estrutura de controle da Companhia e sem disciplinar demais direitos políticos ou patrimoniais dos seus signatários.

A Companhia esclarece, ainda, que o FIP Serra deixou de participar de forma direta no capital social da Companhia, mantendo, porém, sua participação indireta na Companhia através dos acionistas Gipar S/A e Nova Gipar Holding S/A.

A Companhia informa, ainda, que o Primeiro Aditamento ficará arquivado em sua sede social e encontra-se disponível para consulta nos sites da Companhia (www.investidores.grupoenergisa.com.br), da Comissão de Valores Mobiliários (www.cvm.gov.br) e da BM&FBovespa (www.bmfbovespa.com.br).

 

Cataguases, 11 de setembro de 2014.

 

Maurício Perez Botelho
Diretor Financeiro e de Relações com Investidores

Energisa S/A - Corte de Falência dos EUA reconhece Plano de Recuperação Judicial

grupoenergisa

ENERGISA S/A                                                                                                      REDE ENERGIA S/A
Companhia Aberta                                                                                       - EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL -
CNPJ/MF nº 00.864.214/0001-06                                                                           Companhia Aberta
Praça Rui Barbosa, nº 80 (parte)                                                                   CNPJ/MF nº 61.584.140/0001-49
Cataguases/MG – CEP 36.770-901                                                                 Praça Rui Barbosa, nº 80 (parte)
                                                                                                                    Cataguases/MG – CEP 36.770-901

www.energisa.com.br

 

FATO RELEVANTE

A Energisa S/A (“Energisa”) e a Rede Energia S/A – Em Recuperação Judicial (“Rede”), em cumprimento ao disposto no artigo 157, §4º, da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, na Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, com as alterações introduzidas pela Instrução CVM nº 369/2002, comunica aos seus respectivos acionistas e ao mercado em geral que a MM. Juíza Shelley C. Chapman, da Corte de Falência do Distrito Sul de Nova Iorque, Estados Unidos da América, proferiu decisão acolhendo integralmente o pedido de reconhecimento do Plano de Recuperação Judicial brasileiro devidamente homologado pelo MM. Juízo da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca da Capital de São Paulo, nos autos do processo nº 0067341-20.2012.8.26.0100 (“Plano de Recuperação Judicial”) para as sociedades: (i) Rede Energia S/A — em Recuperação Judicial; (ii) Companhia Técnica de Comercialização de Energia — em Recuperação Judicial; (iii) QMRA Participações S/A — em Recuperação Judicial; (iv) Denerge Desenvolvimento Energético S/A — em Recuperação Judicial; e (v) Empresa de Eletricidade Vale do Paranapanema S/A— em Recuperação Judicial (em conjunto, “Recuperandas”).

O pedido de reconhecimento foi requerido com base no capítulo 15 da Lei americana de falências (“Chapter 15”), e, desse modo, vincula os credores estrangeiros localizados nos Estados Unidos, inclusive o trustee e detentores de notas perpétuas (bonds) emitidas pela Rede Energia S/A, ao Plano de Recuperação Judicial.

A decisão acima será complementada por uma ordem pela Juíza da corte americana que permitirá a operacionalização de certos aspectos do Plano de Recuperação Judicial, notadamente a cessão dos créditos decorrentes dos bonds para a Energisa contra o pagamento de aproximadamente US$ 129 milhões.

A Energisa e a Rede manterão seus acionistas e o mercado em geral devidamente informados acerca de quaisquer desdobramentos relevantes relacionados à decisão que acolheu o pedido de reconhecimento do Plano de Recuperação Judicial, especialmente no que tange a ordem da Corte e que permita os pagamentos aos bondholders.

 

Cataguases, 29 de agosto de 2014.

 

Maurício Perez Botelho
Diretor Financeiro e de Relações com Investidores

Energisa S/A

ENERGISA S.A.
CNPJ / MF: 00.864.214/0001-06
Companhia Aberta

FATO RELEVANTE

ENERGISA S.A., companhia aberta, inscrita no CNPJ/MF sob o n° 00.864.214/0001-06 (“Companhia”), em observância à Instrução CVM nº 358/02 e alterações posteriores, vem informar aos acionistas e ao mercado em geral que, a partir desta data, a Companhia passará a divulgar os seus fatos relevantes no portal de notícias eletrônico disponibilizado pelo Valor Econômico. Essa alteração foi aprovada em reunião do Conselho de Administração da Companhia em consonância com a recente instrução normativa nº 547 expedida pela Comissão de Valores Mobiliários. 

Ressalta-se que as demais publicações da Companhia permanecerão sendo divulgadas nas versões impressas no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais e do jornal Valor Econômico.

Cataguases, 15 de agosto de 2014.

Maurício Perez Botelho
Diretor de Relações com Investidores

Assinar este feed RSS