Banco do Brasil lança plataforma de Open Banking

AO BB é o primeiro banco da América Latina a fazer uma operação estruturada de Open Banking, com o lançamento do Portal do Desenvolvedor. 

Com a crescente necessidade por aplicativos que facilitem o cotidiano das pessoas, o BB busca parcerias com empresas e desenvolvedores, com objetivo de melhorar a experiência para clientes pessoas física e jurídica. O Portal do Desenvolvedor concentra as informações das API’s (Application Programming Interface) que o Banco do Brasil oferecerá aos desenvolvedores de aplicativos, que, por sua vez, vão colaborar com a criação de produtos financeiros ainda melhores, mais competitivos e personalizados.

As API's são interfaces de programação que permitem que empresas e desenvolvedores conectem os seus sistemas aos do BB, compartilhando dados e realizando transações de forma automatizada. O Open Banking faz parte do programa BB Beta - grupo de soluções que ainda estão em desenvolvimento, como aplicativos, processos, integrações. Neste primeiro momento, serão selecionadas propostas com maior afinidade com a etapa de desenvolvimento das API's do BB.

Inicialmente, o Banco do Brasil disponibilizará duas APIs:
- Financial Reports: permite consultar extratos de conta corrente, fundos de investimento e cartão de crédito. Esses dados são utilizados normalmente em aplicativos de gestão financeira, mas a expectativa do BB é de que os desenvolvedores tragam novas ideias para a utilização das informações.

- Payments (débito online): permite realizar pagamento via débito online em sites e aplicativos de compras de passagens áreas e outras empresas de varejo, por exemplo. Esses dados podem ser utilizados para criar novas formas de meio de pagamento que deem mais agilidade, de forma prática e segura.

Para Marco Mastroeni, diretor de Negócios Digitais, o BB quer estar a cada dia mais próximo dos clientes. "Com o Open Banking, o BB passará a oferecer uma experiência integrada, totalmente segura e de acordo com o que o cliente deseja. A união com parceiros tecnológicos, e que também entendem de mercado financeiro, vai agregar ainda mais na experiência dos nossos usuários".

(Redação - Agência IN)