Telefônica, TIM e Claro fazem oferta de compra da Oi por R$ 16,5 bilhões

A Oi S.A. - Em Recuperação Judicial - anunciou, em referência ao processo de 'market sounding' no processo competitivo de alienação da operação de telefonia móvel das Sociedades Oi, que recebeu oferta conjuntamente por Telefônica Brasil S.A., TIM S.A. e Claro S.A no valor de R$ 16,5 bilhões, acrescido do compromisso de celebração de contratos de longo prazo de prestação de serviços de capacidade de transmissão junto à empresa.

 

Telefônica anuncia pagamento de dividendos

O Banco B3 S.A., na qualidade de depositário e emissor do Programa de BDR Nível I Não Patrocinado do ADR da empresa Telefônica SA, código ISIN BRTLNCBDR005, informa que foi aprovado em 12/06/2020 o pagamento do(a) Dividendos.

Cade mantém aprovação de operação entre TIM e Telefônica

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) negou, em sessão nesta quarta-feira (03/06), recurso contra a aprovação pela autarquia do compartilhamento de redes entre as empresas TIM e Telefônica Brasil. O Plenário do Conselho concluiu que não há problemas concorrenciais na operação e decidiu manter o aval ao ato de concentração.

Lucro Líquido da Telefônica alcançou R$ 1.153 mi no 1T20

A Telefônica Brasil anunciou hoje, 06, os seus resultados referentes ao primeiro trimestre de 2020. O EBITDA Recorrente (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) do 1T20 foi de R$ 4.431 milhões, crescimento de 1,6% em relação ao mesmo período no ano anterior, atingindo margem EBITDA de 40,9% no trimestre, aumento de 1,2 p.p. frente ao 1T19. O crescimento do EBITDA se deve às medidas efetivas e duradouras de eficiência em custos adotadas pela Companhia.

Telefônica delibera crédito de Juros Sobre Capital Próprio

A Telefônica Brasil S.A. comunica aos acionistas que o seu Conselho de Administração, em reunião realizada em 14 de fevereiro de 2020, deliberou o crédito de Juros Sobre Capital Próprio (JSCP), relativo ao exercício social de 2020, no montante bruto de R$ 270.000.000,00, com retenção de imposto de renda na fonte, à alíquota de 15%, resultando no montante líquido de R$ 229.500.000,00, com base no balanço patrimonial de 31 de janeiro de 2020. O valor por ação está descrito abaixo:

Conselho da Telefônica aprova JSCP

A Telefônica Brasil anunciou que o Conselho deliberou o crédito de Juros Sobre Capital Próprio (“JSCP”), relativo ao exercício social de 2018, nos termos do artigo 28 do Estatuto Social da Companhia, do artigo 9º da Lei 9.249/95 e da Deliberação CVM nº 683/2012, no montante bruto de R$ 1.350.000.000,00, com retenção de imposto de renda na fonte, à alíquota de 15%, resultando no montante líquido de R$ 1.147.500.000,00, com base no lucro líquido do exercício apresentado no balanço de 31 de outubro de 2018.

EBITDA da Telefônica Brasil cresce no 2T18

A Telefônica Brasil divulgou nesta quarta-feira (25) o balanço financeiro e operacional do segundo trimestre de 2018. No período, a empresa registrou um crescimento no EBITDA recorrente – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – de 5,8% no comparativo anual, totalizando R$ 3,7 bilhões. 

Telefônica deliberou crédito de JSCP

A Telefônica Brasil anunciou que o seu Conselho de Administração, em reunião realizada em 18 de junho de 2018, deliberou o crédito de Juros Sobre Capital Próprio (“JSCP”), relativo ao exercício social de 2018, nos termos do artigo 28 do Estatuto Social da Companhia, do artigo 9º da Lei 9.249/95 e da Deliberação CVM nº 683/2012, no montante bruto de R$ 400 milhões, com retenção de imposto de renda na fonte, à alíquota de 15%, resultando no montante líquido de R$ 340 milhões, com base no lucro líquido do exercício apresentado no balanço de 31 de maio de 2018.

Assinar este feed RSS