Dólar sobe 1,67% e fecha a R$ 5,606 acumulando alta de 2,39% em fevereiro

  •  
Dólar sobe 1,67% e fecha a R$ 5,606 acumulando alta de 2,39% em fevereiro Foto: Divulgação Dólar sobe 1,67% e fecha a R$ 5,606 acumulando alta de 2,39% em fevereiro

O dólar comercial encerrou o último pregão do mês em alta, acima de R$ 5,60 pela primeira vez, em dia de forte pressão que levou o Banco Central, pelo segundo pregão seguido, a intervir por duas vezes no mercado de câmbio. A moeda norte-americana subiu 1,67% e fechou cotada a R$ 5,604 na compra e a R$ 5,606 na venda, maior valor de fechamento desde 4 de novembro de 2020, quando atingiu R$ 5,653.

Na semana, o dólar acumulou alta de 4,10% e terminou mês de fevereiro com ganhos acumulados de 2,39%.

O dólar hoje oscilou entre a mínima de R$ 5,496 e a máxima de R$ 5,608. O turismo avançou 1,57%, com negócios entre R$ 5,64 e R$ 5,82.

O Banco Central realizou nesta sexta-feira (26), dois leilões de venda à vista de moeda estrangeira no mercado interbancário de câmbio ofertando US$ 1 bilhão cada. No primeiro leilão, a instituição aceitou 6 propostas no valor total de US$ 740 milhões e a taxa de corte foi de 5,5390. No segundo leilão, aceitou cinco propostas no valor total de US$ 805 milhões e a taxa de corte foi de 5,5790.

No leilão de swap tradicional para fins de rolagem do vencimento de 01/04/2021, o Banco Central (BC) vendeu todo o lote ofertado, sendo 2.200 contratos para o vencimento em 01 de junho de 2021 e 13.800 contratos para o vencimento em 01 de outubro de 2021.

(Redação - Investimentos e Notícias)