Linha 2015 do Chevrolet Prisma chega ao mercado

  •  

A linha 2015 do Chevrolet Prisma começa a chegar às mais de 600 concessionárias da marca no País. O sedã ganha mais conteúdo de série, acentuando o conforto e o prazer de estar a bordo do modelo.

Itens como o ar-condicionado e os vidros elétricos com sistema de acionamento por “um toque” passam a equipar também as versões de entrada, que já contavam com a conveniência da direção hidráulica, do sensor de estacionamento traseiro e do painel com velocímetro digital, por exemplo.

Dessa forma, o Prisma se consolida como um dos sedãs mais espaçosos e completos de sua categoria. Outro diferencial competitivo do modelo é o seu visual esportivo.
Novidade também é volante multifuncional com controle das funções do rádio e do telefone nas versões 1.4 litro equipadas com o câmbio automático de seis velocidades.
Compatível com o sistema multimídia MyLink, as teclas de atalho permitem ao motorista, por exemplo, atender e fazer ligações em viva-voz, contatar o assistente pessoal Siri do IPhone e acessar diversas funções do rádio. Ainda é possível alternar as diversas mídias disponíveis (USB, auxiliar e Bluetooth) sem tirar as mãos do volante.

Além de comodidade, o recurso proporciona mais segurança. As teclas do controle de áudio ficam estrategicamente posicionadas na extremidade do raio direito do volante, bem ao alcance dos dedos. Assim, no raio esquerdo continuam os comandos do controle de velocidade (Cruise Control), mais um equipamento comum apenas em carros de segmentos superiores.

Outra novidade da linha 2015 exclusiva para as versões automáticas do sedã é o volante revestido em couro.
Desde a versão 1.0 litro LT (de entrada), o Chevrolet Prisma conta com diversos itens segurança. Destacam-se os freios ABS com EBD (Electronic Brake Force Distribution) nas quatro rodas, o airbag duplo e os cintos de segurança dianteiros com ajuste de altura. A coluna de direção e o banco do motorista também são reguláveis, para que o condutor encontre a sua posição ideal de condução.

(Redação – Agência IN)