Setor público obteve superávit primário de R$5,0 bi em março

O setor público consolidado obteve superávit primário de R$5,0 bilhões em março, ante déficit de R$23,7 bilhões em março de 2020, segundo dados do Banco Central (BC). No governo central e nos governos regionais houve superávits de R$3,9 bilhões e R$1,1 bilhão, e nas empresas estatais, déficit de R$53,0 milhões. O resultado primário do setor público consolidado no primeiro trimestre de 2021 foi superavitário em R$51,6 bilhões, ante superávit de R$11,7 bilhões no primeiro trimestre de 2020.

Setor público registrou déficit de R$ 11,8 bi em fevereiro

O setor público consolidado registrou déficit primário de R$11,8 bilhões em fevereiro, ante déficit de R$20,9 bilhões no mesmo mês de 2020, divulgou nesta quarta-feira (31) o Banco Central (BC). O déficit primário do governo central atingiu R$22,5 bilhões, enquanto os governos regionais e as empresas estatais foram, na ordem, superavitárias em R$10,5 bilhões e R$212 milhões. No acumulado do primeiro bimestre, o resultado primário do setor público consolidado foi superavitário em R$46,6 bilhões, ante superávit de R$35,4 bilhões no mesmo período do ano anterior.

Setor público registra déficit primário de R$18,1 bilhões em novembro

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira, 30, que o setor público consolidado registrou déficit primário de R$18,1 bilhões em novembro. No Governo Central e nas empresas estatais houve déficits de R$20,4 bilhões e R$87 milhões, na ordem, e nos governos regionais, superávit de R$2,3 bilhões.

 

  • Publicado em Economia

Setor público registrou superávit de R$3,0 bi em outubro

O setor público consolidado registrou superávit primário de R$3,0 bilhões em outubro, segundo dados do Banco Central (BC). No Governo Central houve déficit de R$3,2 bilhões, e nos governos regionais e nas empresas estatais, superávits, na ordem, de R$5,2 bilhões e de R$998 milhões. No ano, até outubro, o déficit primário acumulado do setor público consolidado atingiu R$633,0 bilhões, ante déficit de R$33,0 bilhões no mesmo período de 2019. No acumulado em doze meses, o déficit primário atingiu R$661,8 bilhões (9,13% do PIB).

  • Publicado em Economia

Setor público registrou déficit de R$64,6 bi em setembro

O setor público consolidado registrou déficit primário de R$64,6 bilhões em setembro, segundo dados do Banco Central (BC). No Governo Central houve déficit de R$75,1 bilhões, e nos governos regionais e nas empresas estatais, superávits, na ordem, de R$10 bilhões e R$628 milhões. No ano, até setembro, o déficit primário acumulado do setor público consolidado atingiu R$635,9 bilhões, ante déficit de R$42,5 bilhões no mesmo período de 2019. No acumulado em doze meses, o déficit primário atingiu R$655,3 bilhões (9,08% do PIB).

  • Publicado em Economia

Setor público registra déficit primário de R$188,7 bi em junho

O setor público consolidado registrou déficit primário de R$188,7 bilhões em junho, segundo dados do Banco Central (BC). No Governo Central houve déficit de R$195,2 bilhões, e nos governos regionais e empresas estatais, superávits de R$5,8 bilhões e R$719 milhões, respectivamente. No ano, até junho, o déficit primário acumulado do setor público consolidado atingiu R$402,7 bilhões, ante déficit de R$5,7 bilhões no mesmo período do ano anterior. No acumulado em doze meses o déficit primário atingiu R$458,8 bilhões (6,38% do PIB).

Setor público consolidado registrou déficit de R$131,4 bi em maio

O setor público consolidado registrou déficit primário de R$131,4 bilhões em maio, segundo dados do Banco Central (BC). O Governo Central e os governos regionais tiveram déficits respectivos de R$127,1 bilhões e de R$4,8 bilhões, e as empresas estatais, superávit de R$422 milhões. No ano, até maio, o déficit primário acumulado do setor público consolidado atingiu R$214,0 bilhões, ante superávit de R$7 bilhões no mesmo período do ano anterior, e no acumulado em doze meses o déficit primário atingiu R$282,9 bilhões (3,91% do PIB).

Assinar este feed RSS