AES Brasil aponta lucro líquido de R$ 93 milhões no 1T21

  •  
AES Brasil aponta lucro líquido de R$ 93 milhões no 1T21 Foto: Divulgação

A geradora de energia AES Brasil (AESB3) anunciou que teve lucro líquido de R$ 93 milhões no primeiro trimestre do ano, uma alta de 23% na comparação anual.

Segundo a empresa, a receita líquida subiu 12,6% na base anual, para R$ 556,7 milhões, enquanto o Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (Ebitda) foi de R$ 349 milhões, uma alta de 12% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Assim como no último trimestre de 2020, no qual a empresa reconheceu um ganho extraordinário de R$ 947 milhões associado ao risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês), no primeiro trimestre deste ano houve um incremento de R$ 14,5 milhões na margem hídrica devido, principalmente, ao ganho extraordinário decorrente do ressarcimento no montante de R$ 36 milhões, referente aos valores calculados da resolução do tema.

O primeiro trimestre da AES Brasil foi marcado pela conclusão do processo de reestruturação societária, com a criação da holding AES Brasil Energia. Além disso, outra importante iniciativa feita pela empresa foi o acordo de investimento, que vai permitir a subscrição de ações preferenciais na Guaimbê Holding, com um aporte de mais de R$ 855 milhões em equity.

A AES Brasil encerrou o primeiro trimestre de 2021 com uma dívida líquida R$ 4,523 bilhões, 7,4% menor que o visto no trimestre imediatamente anterior, enquanto a alavancagem, medida pela relação dívida por Ebitda foi de 2,1 vezes. No período, os custos e despesas operações somaram R$ 98,8 milhões, um aumento de 14,6% na comparação com o quarto trimestre de 2020.

(Redação - Investimentos e Notícias)