Crescimento orgânico nas vendas da Nestlé atinge 3,5%

  •  
Crescimento orgânico nas vendas da Nestlé atinge 3,5% Foto: Divulgação

A Nestlé anuncia o balanço das vendas do grupo de janeiro até setembro de 2020. Segundo a empresa, o crescimento orgânico atingiu 3,5%, com crescimento real (RIG) de 3,3%. A variação de preços contribuiu com 0,2%. O crescimento orgânico melhorou 4,9% no terceiro trimestre.

De acordo com a companhia, o crescimento foi baseado no impulso sustentado na Zona Américas e no desenvolvimento contínuo e robusto das vendas na Zona EMENA. O crescimento na Zona AOA foi ligeiramente positivo. O crescimento orgânico foi de 3,9% nos mercados desenvolvidos, baseado inteiramente no crescimento real. O crescimento nos mercados emergentes subiu 2,8%, sustentado tanto pelo crescimento real como pela variação de preços.

Por categoria de produto, o maior contribuidor para o crescimento foi Purina PetCare e suas marcas com formulações científicas e premium Purina Pro Plan, Purina ONE e Felix. Os laticínios cresceram à taxa de um dígito, com base no aumento da demanda por leites fortificados e produtos para confeitaria caseira.

O segmento de cafés registrou crescimento de um dígito, alimentado pela forte demanda do consumidor por produtos Starbucks, Nespresso e Nescafé. Pratos prontos e produtos culinários apresentaram crescimento de um dígito.

Os produtos alimentares vegetarianos e à base de vegetais entregaram forte crescimento de dois dígitos, sustentado pelo lançamento de novos produtos e pela contínua expansão da distribuição. Nestlé Health Science registrou crescimento de dois dígitos, refletindo a maior demanda do consumidor por produtos de suporte à saúde e ao sistema imunológico. Confeitos e águas reportaram queda nas vendas devido à alta exposição aos canais externos, com alguma melhora no terceiro trimestre.

Os desinvestimentos reduziram as vendas em 5,5%, principalmente relacionados à venda da Nestlé Skin Health e do negócio de sorvetes nos EUA. O câmbio impactou as vendas em 7,4%, refletindo a contínua valorização do franco suíço em relação à maioria das moedas. As vendas totais reportadas diminuíram 9,4%, para 61,9 bilhões de francos suíços.

Impacto comercial da COVID-19

Os efeitos da COVID-19 no crescimento orgânico continuaram a variar, especialmente por categoria de produto e canal de vendas.

• Categorias de produtos: A demanda pelo consumo em casa, marcas confiáveis ​​e produtos com benefícios para a saúde permaneceu forte. Purina PetCare, laticínios, cafés em casa e Nestlé Health Science continuaram apresentando forte crescimento. Confeitos e águas registraram quedas nas vendas, refletindo sua alta exposição aos canais fora do lar e ao consumo em trânsito.

• Canais de vendas: as vendas no varejo aumentaram significativamente, refletindo a continuidade da demanda elevada do consumo no lar. O crescimento dos canais fora do lar permaneceu significativamente negativo, com as quedas nas vendas moderando no terceiro trimestre.

As vendas no e-commerce cresceram 47,6%, atingindo 12,3% das vendas totais do Grupo. Café, Purina PetCare e Nutrição e Nestlé Health Science foram os principais contribuidores do crescimento, com forte impulso contínuo em todas as outras categorias.

Perspectivas

Perspectiva atualizada para o ano de 2020: Nossa expectativa é que as vendas anuais apresentem crescimento orgânico em torno de 3%. Espera-se melhoria da margem de lucro operacional subjacente. Espera-se aumento dos ganhos subjacentes por ação nas moedas constantes e da eficiência do capital.