Santander Brasil registra lucro líquido de R$ 9.891 mi

  •  
Santander Brasil registra lucro líquido de R$ 9.891 mi (Foto: Divulgação) Santander Brasil registra lucro líquido de R$ 9.891 mi

O lucro líquido gerencial do Banco Santander Brasil atingiu R$ 9.891 milhões nos nove primeiros meses de 2020, queda de 8,6% em doze meses e alta de 82,7% em três meses. Excluindo o efeito da provisão extraordinária do 2T20, o lucro líquido somou R$11.651 milhões, alta de 7,6% em doze meses e 0,2% em três meses.

As receitas totais totalizaram R$52.038 milhões nos nove meses de 2020, crescimento de 5,7% em doze meses e queda de 3,1% em três meses.

O retorno sobre o patrimônio líquido médio (ROAE), ajustado pelo ágio, atingiu 18,5% nos nove meses de 2020, redução de 2,7 p.p. em doze meses e alta de 9,2 p.p. no trimestre. Excluindo a despesa extraordinária de provisão do 2T20 ,o ROAE foi de 21,8% no acumulado do ano, alta de 0,6 p.p. em doze meses e, no trimestre o índice atingiu 21, 2%, 0,7p.p. menor em três meses.

As despesas gerais atingiram R$ 15.858 milhões no acumulado do ano, alta de 1,9% em doze meses, o que significa um crescimento inferior ao das receitas totais no mesmo período.

A carteira de crédito total somou R$ 397.385 milhões no acumulado do ano, 19,8% superior ao mesmo período do ano anterior (ou alta de 16,9% desconsiderando o efeito da variação cambial), com desempenho positivo em todos os segmentos. Em três meses apresentou alta de 3,8% (ou alta de 3,5% desconsiderando o efeito da variação cambial), impulsionada principalmente pelos segmentos pessoa física (+5,1%) e pequenas e médias empresas (+14,6%).

O índice de inadimplência superior a 90 dias atingiu 2,1% em setembro de 2020, queda de 0,9p.p. em doze meses e 0,3% em três meses. 

Por fim, o patrimônio líquido excluindo o saldo do ágio no montante de R$ 1.927 milhões, totalizou R$74.839 milhões em setembro de 2020, crescimento de 4,0% em doze meses e 3,3% em três meses.

(Redação – Investimentos e Notícias)