Lucro líquido ajustado da Eneva totalizou R$ 268 mi no 4T19

O lucro líquido ajustado da Eneva totalizou R$ 268,5 milhões no quarto trimestre de 2019 (4T19), comparado aos R$ 70,7 milhões reportados no 4T18, impactado não apenas pelo crescimento do EBITDA, mas também pela melhora do resultado financeiro líquido e pela reversão de impairment constituído em anos anteriores relativo à Itaqui (rubrica “Outras receitas/despesas”). Os ativos imobilizado e intangível de Itaqui foram submetidos ao teste de recuperabilidade e, considerando a consistente melhora no seu desempenho operacional, fruto dos investimentos e melhoria de gestão implementados nos últimos anos, foi revertido o valor de R$ 127,1 milhões.

ENEVA conclui processo de bookbuilding

A ENEVA anunciou que foi concluído o processo de bookbuilding da 2ª emissão, pela Companhia, de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em três séries, no valor total de R$2.000.000.000,00 (“Emissão”), conforme Fato Relevante divulgado em 28 de abril de 2019.

Eneva liquida antecipadamente dívida de Itaqui

A Eneva anunciou que a sua controlada Itaqui Geração de Energia (Itaqui) realizou a liquidação antecipada do saldo devedor atualizado das parcelas de seu contrato de financiamento junto aos bancos Votorantim e Bradesco, oriundo de repasse de recursos do BNDES, no valor total de R$ 306,8 milhões (R$ 156,6 milhões ao custo de TJLP acrescido de 4,8% ao ano e R$ 150,2 milhões ao custo de IPCA acrescido de 12,1% ao ano). 

Eneva anuncia EBITDA consolidado de R$ 216 mi no 2T17

O EBITDA consolidado ajustado da Eneva alcançou R$ 216,2 milhões no segundo trimestre de 2017 (2T17), comparados aos R$ 225,5 milhões verificados no 2T16. O menor despacho das usinas do Complexo Parnaíba refletiu-se em diminuição da produção de gás, e consequente redução da margem EBITDA no segmento de Upstream. Em contrapartida, verificou-se aumento das reservas remanescentes certificadas (2P) de gás natural, que passaram de 17,1 bilhões de m³ ao final do 2T16 para 18,3 bilhões de m³ ao final do 2T17, mesmo considerando a produção acumulada no período de 1,5 bilhão de m³ .

Assinar este feed RSS